Respeita as Mina

Respeita as Mina

domingo, 7 de setembro de 2014

Avança dique-seco da Enseada: parede plástica está sendo concretada...

A Enseada deu mais um passo na missão de construir um dos maiores e mais modernos estaleiros do Brasil. Na última quinta-feira (28), a primeira lamela da parede plástica – de um total de 55 – foi concretada defronte ao rio Paraguaçu. A parede de diafragma, como também é conhecida, tem o papel de conter o avanço das águas.

Segundo Douglas Guimarães, engenheiro da Enseada, os trabalhos estão sendo intensificados no dique-seco, última grande área da produção a ser edificada. “O estaleiro começa a entrar em sua fase final de construção”, declarou. De acordo com o gerente de Produção Mar do Consórcio Estaleiro Paraguaçu (CEP), Luciano Camargo, a parede é um dispositivo que vai possibilitar a construção do dique-seco. “É uma obra provisória feita com concreto e sem a utilização de ferragens”, explicou.

“A parede é temporária porque ela só é utilizada até a conclusão do dique. Após o término do mesmo, a estanqueidade se dará pela porta batel, que é a comporta responsável pelo acesso dos navios”, completou Camargo. Várias pessoas estão envolvidas na construção da parede plástica e as operações de escavação, montagem da tubulação e concretagem são executadas pela empresa Brasfond.

Cristiano Diniz, encarregado de Produção do CEP, disse que o tempo estimado entre a escavação e a concretagem é de 12 horas, mas ele alerta: “A primeira é sempre mais demorada. Depois que a gente pega a profundidade correta, tudo é mais rápido”, informou. De acordo com Diniz, oito caminhões betoneira, em média, serão necessários para concretar cada lamela. “São 80 m³ de puro concreto”, revelou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário