Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 3 de julho de 2012

Brasil tem 680 mil pessoas morando em áreas de risco

Dados divulgados nesta segunda-feira (2) pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) indicam que existem atualmente no país pelo menos 680 mil pessoas morando em áreas consideradas de risco alto ou muito alto de deslizamento de terra ou inundações.

O levantamento faz parte do Programa de Gestão de Risco e Resposta a Desastres Naturais do Governo Federal, coordenado pela Casa Civil da Presidência da República, e implementado em parceria com instituições como o Serviço Geológico do Rio de Janeiro, o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e o Ministério da Integração Nacional.

Apreendidos 46 mil comprimidos de ecstasy no Galeão

Uma jovem brasileira, que não teve nome nem idade divulgados, foi presa ao desembarcar no aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador (zona norte do Rio), na tarde desta segunda-feira, com 46 mil comprimidos de ecstasy na bagagem.

Segundo a Polícia Federal (PF), ela vinha de Lisboa num voo da empresa portuguesa TAP e a droga foi identificada durante a passagem de rotina pelo aparelho de raio-X. A carga total, que estava embalada a vácuo, é avaliada em R$ 2,3 milhões. Cada comprimido de ecstasy chega a ser vendido por R$ 50. A passageira responderá por tráfico de drogas.

Nilo Peçanha e Piraí do Norte são contempladas com o Projeto Cidades Digitais

O Ministério das Comunicações divulgou nesta segunda-feira (2) a lista das 80 cidades que serão beneficiadas com o projeto piloto do Programa Cidades Digitais. Por meio dessa iniciativa, o governo federal pretende melhorar a gestão e os serviços dos municípios, além de oferecer pelo menos um ponto de acesso público à banda larga. Na Bahia, nove cidades serão contempladas: Guanambi, Itaberaba, Itabuna, Juazeiro, Lauro de Freitas, Nilo Peçanha, Piraí do Norte, Uruçuca e Vitória da Conquista.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Feirão de Saúde e Assistência Social do Renova Valença na Urbis foram adiados


Clique na imagem para AMPLIAR...

Devido a interferência externa, considerada politicamente equivocada, o Grupo Renova Valença e a Fundação José Silveira decidiram adiar para o período pós-eleitoral a Feira de Saúde e de Assistência Social, que seria realizada nos dias 7 e 8 de julho, no bairro da Urbis. 

O Renova ValençaPOR UMA CIDADE MELHOR PRA SE VIVER – é formado por diferentes segmentos sociais, sem vinculação político-partidária, e sempre pautou suas atividades de forma aberta à participação da comunidade, a partir de debates e ações diretas, chamando a atenção para as questões do direito à cidadania de toda a população. 

Resta-nos agradecer os apoios das lideranças e moradores da Urbis, Tio Virgínio, Alto do São Roque e adjacências agendando, desde já, o nosso “Feirão de Serviços” para depois das Eleições 2012. 

Railton Ramos
Porta-Voz 
2 de Julho de 2012 – 18h49
“Com tiranos não combinam!” 



CAIRU – PMDB e Partidos Coligados confirmam chapa majoritária com Fernando Brito e Adriano Meireles


Marcando de forma muito positiva o município de Cairu, foi realizada no último sábado, 30 de junho, a maior convenção eleitoral da história recente do arquipélago, com a união de nove partidos, numa coligação formada pelo PMDB, PR, PP, PTN, DEM, PHS, PSDB, PSD e PT do B. 

Empresa de Jorge portugal recebeu R$ 6,8 milhões com dispensa de licitação

Capitaneada pelo professor Jorge Portugal, a empresa Abais Conteúdos Educativos e Produção Cultural acumulou pelo menos R$ 6,8 milhões em contratos com o governo do Estado nos últimos quatro anos – todos eles com dispensa ou inexigibilidade de licitação. Os contratos foram firmados com o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), para realização dos programas televisivos “Tô Sabendo” e “É Bom Saber”, e com a Secretaria de Educação do Estado (SEC).

Orçado em R$ 1,6 milhão, o último contrato firmado teve por objetivo a organização de 384 aulões preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O caráter emergencial da contratação despertou críticas de deputados de oposição e de sindicalistas ligados ao movimentos dos professores.

Portugal alega que os questionamentos são infundados: “Estou sendo bombardeado por um sensacionalismo moralista. Este projeto é sonho dourado de qualquer aluno da rede pública ou particular, pois reúne professores dos melhores colégios e cursinhos”.