Respeita as Mina

Respeita as Mina

segunda-feira, 17 de março de 2014

Projeto pedagógico reconhecido pela UNESCO é implantado em Valença‏...

O Governo de Valença, através da Secretaria de Educação, aderiu ao Projeto Cirandando Brasil, maior acervo sobre as cantigas e brincadeiras do folclore infantil brasileiro.

As atividades aconteceram nos dias 13 e 14 de março, no auditório da Associação dos Professores Licenciados da Bahia - APLB, capacitando cerca de 100 professores da rede municipal de ensino (Educação Infantil e Ensino Fundamental I da Sede e Campo), que serão multiplicadores do referido projeto em suas unidades de ensino, totalizando uma carga horária de 16 horas. Vale ressaltar que cada cursista recebeu o material incluindo o livro Guia prático de pais e professores, além de dois CDs também do projeto.

Durante os dois dias aconteceram momentos criativos, dinâmicos com a realização de oficinas de dança, música, literatura e brincadeiras, com uma boa participação de todos os professores envolvidos.

Dos 417 municípios baianos, Valença faz parte do seleto grupo dos 20 contempladas pelo Cirandando Brasil, que conta com o patrocínio da Petrobras, chancelado pela UNESCO e UNICEF e apoio da União dos Municípios da Bahia (UPB).

O Projeto tem por finalidade oferecer a cultura da brincadeira brasileira como conteúdo transversal no ensino infantil e fundamental. De acordo com Assistente Social, cantora, compositora e pesquisadora do folclore infantil Nair Spinelli Lauria, conhecida como “Nairzinha”, o Cirandando Brasil é fruto de um trabalho que soma mais de 40 anos de pesquisa e busca inserir e resgatar nas escolas a cultura da brincadeira brasileira, promove a integração entre as crianças, fortalece a identidade cultural, oportuniza a troca de saberes inter-classes e reforça a autoestima de forma a contribuir para uma cultura de paz. “Precisamos oferecer opções para que a criança não fique apenas na solidão dos brinquedos eletrônicos”, disse Nairzinha.
(Ascom – Governo de Valença)

Nenhum comentário:

Postar um comentário