IPTU 2024

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Vídeo de "estudetes" baianas arrasam com o governador...

As alunas gravaram uma versão do clipe 'Vida de Empreguete', da novela Cheias de Charme, culpando Wagner pela greve dos professores. CONFIRA!


Insatisfeitas com a postura do governador Wagner diante da greve dos professores da rede estadual, três estudantes baianas decidiram protestar de uma forma criativa.

As alunas, inspiradas no clipe "Vida de Empreguete", da novela Cheias de Charme, gravaram uma paródia reclamando e pedindo o retorno das aulas.

"Queria o governador aqui no meu lugar. Eu ia rir de me acabar. Só vendo seus fihinhos aqui no meu lugar. Sem o futuro pra contar...", cantam as estudantes, no vídeo 'As Estudetes - Vida de Estudete', postado no YouTube na última quarta-feira (13).

As meninas também mostram-se preocupadas com o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). "O ENEM vem aí...Mas o assunto está em falta. O governador não quer saber de nada.".

Depois da música e do making-of, é mostrado um texto a favor da mobilização dos docentes e de suas reivindicações, que acusa o governo e seus representantes de tratar a situação com descaso e com uma postura omissa. "Estamos nos mobilizando, através dos meios virtuais, para mostrar que estudantes, pais e professores estamos indignados com esta situação e exigimos do governo uma solução rápida e eficiente, uma vez que é incalculável o prejuízo intelectual imposto aos jovens e crianças da Bahia".

Aulas para alunos do 3º ano - A greve dos professores da rede estadual completa 66 dias nesta sexta-feira (15) e ainda não há previsão de acabar. Na quarta-feira (13), a Secretaria de Educação do Estado da Bahia informou que os estudantes do 3º ano do ensino médio terão aula mesmo com a greve e que um pacote de medidas está sendo preparado para evitar que os alunos não sejam ainda mais prejudicados.

A categoria reivindica o pagamento do aumento pleiteado de 22% ao longo de 2012, desde que este valor seja válido para todos os professores - de todos os níveis, incluindo aposentados e probatórios.

Uma nova assembleia para avaliar os rumos da greve está marcada para a próxima terça-feira, 19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário