Respeita as Mina

Respeita as Mina

sábado, 22 de julho de 2017

Criação de Consórcio Intermunicipal da Cultura do Baixo Sul é estimulado em encontro de dirigentes em Cairu...

Cairu recebeu com a Filarmônica e os Caretas (zambiapunga), na quarta-feira (19), agentes culturais de toda a região para o II Encontro de Dirigentes e Secretários Municipais da Cultura do Baixo Sul, realizado no auditório da Câmara de Vereadores. Na pauta, ações conjuntas sobre a reativação da Câmara Técnica da Cultura, a criação do Consórcio Intermunicipal da Cultura do Baixo Sul e o IV Encontro de Política e Gestão Culturais da Bahia, que acontecerá em Feira de Santana, nos dias 25 e 26 de julho.

As discussões em torno da criação do Consórcio da Cultura entre os municípios do Baixo Sul é prioridade entre os dirigentes e secretários municipais, contando com o total apoio dos órgãos estaduais e o incentivo explícito do superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura (SecultBA), Sandro Magalhães, e do diretor do Ipac, João Carlos Oliveira.

‘A superintendência tem como principal objetivo promover iniciativas de territorialização, agregando as forças das cidades de cada um dos 27 Territórios de Identidade do Estado’, afirma Sandro.

Para João Carlos do Ipac, ‘A realização plena da cultura só pode acontecer a partir do alinhamento e compromisso da atuação conjunta entre os municípios e os governos do estado e federal, já que na política pública ninguém faz nada sozinho’.

O encontro em Cairu foi bastante produtivo, ao definir os trâmites para a reativação da Câmara Técnica de Cultura do Território, as ações visando a efetiva criação do Consórcio Intermunicipal, o calendário de reuniões do fórum de secretários, a criação de grupos de trabalho e a preparação para a participação da região no IV Encontro de Política e Gestão Culturais da Bahia. Os nomes de Ricardo Bomfim (Gandu) e Graça Peleteiro (Cairu) foram escolhidos para concorrer à representação na Associação de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia.

COOPERAÇÃO COM O IPAC
Durante o encontro, a Prefeitura de Cairu e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) assinaram Termo de Cooperação, pactuando ações de assessoramento técnico e educação patrimonial, no intuito de proteger os bens culturais tangíveis e intangíveis do Município. Cairu é o primeiro município da região a pactuar este importante documento com o Ipac.

Entre os participantes do II Encontro de Dirigentes e Secretários Municipais da Cultura do Baixo Sul, registraram-se as presenças de Graça Peleteiro (secretária da Cultura de Cairu), Abdon Ché (presidente da Câmara Municipal de Cairu), os secretários municipais cairuenses Ricardo Palma (Administração) e Ariana Coutinho (Governo), deputado estadual Rosemberg Pinto, Sandro Magalhães (superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura – SecultBA), Jeane da Costa (assessora de Relações Institucionais da SecultBA), João Carlos Oliveira (diretor do Ipac), André Reis (diretor de Relações Institucionais do Ipac), Ana Coelho (coordenadora de editais do Ipac), Liliana Leite (diretora executiva do Ides), Carlos Henrique (coordenador regional do Sebrae), Rosa Amélia Lorenzo (diretora do Departamento de Educação da Uneb Campus XV), Fernanda Souza (gerente regional do Senac), além dos gestores culturais dos municípios de Valença, Taperoá, Nilo Peçanha, Camamu, Presidente Tancredo Neves, Teolândia, Piraí do Norte e Gandu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário