Respeita as Mina

Respeita as Mina

domingo, 8 de setembro de 2013

FESTIVAL 'Setembro no Pelô' anima cena musical em Salvador com MAIS de 50 SHOWS...

Setembro é um mês marcado por festas de celebração à diversidade, pela troca de estações, com o final do inverno e a chegada da primavera, e comemorações cívicas. Com tudo isso, milhares de visitantes vem à cidade, e a programação mensal do Pelourinho, realizada pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), traz para quem vem aproveitar o Setembro no Pelô mais de 50 shows e eventos diferentes para os largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água.

Largo Pedro Archanjo
O largo Pedro Archanjo será palco de diversos shows dançantes e outros mais intimistas, além de festas bem animadas. Pra começar, o bloco Cortejo Afro promove um ensaio especial, com participação das cantoras Márcia Short, Juliana Ribeiro, Carla Cristina e Claudya Costa, abrindo a programação de setembro em grande estilo, no dia 02. Na terça-feira, 03, Ubaldo Akidara e sua banda levam o ritmo do afro pop em um show que mescla instrumentos tradicionais de matriz africana às batidas eletrônicas. No dia 06, o largo Pedro Archanjo vira palco do samba, com Neto Balla, o cantor comemora 25 anos de carreira em 2013. E no Dia da Independência do Brasil, 07, João Gonzagarepresenta a MPB em um show emocionante, que mescla um repertório autoral com grandes interpretações do cancioneiro imortal brasileiro.

No domingo, 08, data em que a cidade festeja a diversidade com a Parada Gay, durante a noite acontece uma programação especial no Pelourinho, e no Largo Pedro Archanjo o público vai curtir Sine Calmon & Banda Morrão Fumegante. Um dos grandes nomes consagrados do reggae baiano, com letras sobre liberdade e justiça, Sine retorna ao Pelourinho em um show gratuito. A semana continua, com Ricardo Caian e os Beduínos Gigantes, na terça, 10. A banda traz no repertório canções bem humoradas sobre a vida urbana. Na quinta-feira, 12, a cantora Marcela Bellas faz um show especial para a programação do IX Enecult. A noite de sexta, 13, será marcada pelo retorno do showSarau Caymmi em Três Tempos. O final de semana ainda traz o Projeto Soteropaulistano, intercâmbio musical e cultural entre artistas de Salvador e São Paulo. À frente, o artista paulistano Walmir Borges recebe o cantor e multi-instrumentista Max de Castro, e as cantoras baianas Ludmilla Anjos, ex-The Voice, e Márcia Short.

Na terça-feira, 17, o largo Pedro Archanjo é palco de mais um grande nome do reggae. Oreggaeman Dionorina, um dos grandes divulgadores do reggae tradicional, traz um show em que prevalece suas raízes, sem deixar de lado novas experimentações. E o reggae continua com a Banda Zuluz, no dia 20, promovendo o intercâmbio do ritmo jamaicano com as sonoridades de diversos estilos. No sábado, 21, o cantor e instrumentista pernambucano Siba, ex-integrante da banda Mestre Ambrósio, lança gratuitamente no Pelourinho o CD Avante, fruto de sua carreira solo.

No dia 22, acontece um verdadeiro festival de samba, o Cabelereiro Fest, que traz como atrações os grupos Nosso Ritmo, Movimento, Bambeia e Tradição de Samba. Dia 23, aBanda Cativeiro, que inova com arranjos mais modernos e eletrônicos no reggae, agita o público da Pedro Archanjo. João Gonzaga retorna ao palco na sexta, 27. No sábado, 28, será realizado o projeto O Pelô que Toca e Dança, promovido pela Associação Cultural União das Raças – ACURA e que contará com a apresentação da banda Tambores do Pelô, formada por jovens e adultos moradores do Pelourinho e adjacências. No mesmo dia, o cantador Maviael Melo traz um show recheado de canções, contos, poesias e cordéis, proporcionando ao público uma experiência diferenciada. Encerrando o mês, o Viola de Doze festeja 10 anos de samba, no dia 29.

Largo Tereza Batista
O mês de Setembro vai ser de muito agito no Largo Tereza Batista. No dia 05, o Roda de Samba Mucum’g, comandado por Nonato Sanskey, traz um show com convidados especiais e repertório voltado para as raízes baianas. Na sexta, 06, o grupo Império Negro, nascido da comunidade de Brotas e que vem se destacando pela originalidade de seu repertório, levanta os amantes do hip hop com suas rimas, e recebe como convidados os grupos Saka Só, Ênfase, e os DJs Kiko e Berlota, no show Axé Para as Mulheres, título do terceiro CD do grupo. No dia 07, o bloco Pagode Total promove ensaio com as atrações Banda Pagode Total, Os Caras, Mania de Ser, Paparico, Samba Mocidade, Grupo no Balanço, Samba e Amizade, Catadinho do Samba, Grupo de Mansinho, Grupo No Quintal, Grupo Puro Love e Banda Sarmento. E no domingo, 08, quem faz ensaio é o bloco Olodum. O bloco terá mais ensaios nos domingos 15 e 22.

A banda Neto Lobo e a Cacimba leva aos amantes do rock uma proposta diferenciada, que fala da cultura interiorana, e faz show no dia 10. No dia 12, se realiza o projeto Viola Vadia, com Neto Balla. Representando o pop rock, a Banda Radiola faz show na sexta, 13. A BaianaSystem, conhecida por seu trabalho inovador na produção de uma música urbana com o som da guitarra baiana, volta ao Pelourinho no dia 14.

Na terça, 17, a banda Velotroz, vencedora por unanimidade de júri do Desafio das Bandas em 2011, traz um repertório marcado pela sonoridade ousada sob influência da música brasileira dos anos 70, do rock’n'roll e das tendências musicais contemporâneas. A quinta-feira (19) será marcada pelo 3º Round – Circuito de Rima Improvisada, uma batalha de MC’s organizada pelo Coletivo Cultural Boom Clap e Ugangue. No dia 20, o Grupo Pirombeira se apresenta em um show que reúne elementos da música brasileira, regional e da cultura local. A cantora Graça Onassilêestará no largo Tereza Batista no dia 21, agitando o sábado com a batida da música afro.

E a última semana do mês começa com o forró da banda Zé de Tonha, que mescla um repertório autoral com grandes sucessos de compositores brasileiros. A Roda de Samba Mucum’g retorna ao palco no dia 26. E no dia 27, a Orkestra Rumpilezz convida a vencedora do The Voice Brasil, Ellen Oléria, e o cantor baiano Saulo Fernandes, para uma noite imperdível em seu projeto de ensaios. No sábado, 28, J. Veloso e os Cavaleiros de Jorge fazem um show que mistura a música tradicional do recôncavo baiano com elementos da cultura pop e afrobrasileira. E para encerrar, a festaGastronomia Negra da Bahia homenageia a culinária local e traz grandes atrações, como A Mulherada, Bambeia, Aloísio Menezes, Gal do Beco e vários outros artistas celebrados.

Largo Quincas Berro D’Água
O mês será também de grandes atrações no Largo Quincas Berro D’Água. Na terça-feira, 03, a Banda Zuluz promove a fusão do reggae com os mais diversos elementos musicais. Na quinta, 05, acontece a primeira edição do mês do projeto Ensaios dos Afros e Afoxés, com participação do afoxé Filhos de Omolu e Bloco Dandara. A bandaMistah “B”, comandada pelo ex-integrante do Braga Boys, Capitão América, faz no dia 06 um show que mistura música brasileira dançante com ritmos caribenhos.

No dia 07, Cristiano Greco promove um show especial para o público do pop rock. Dentro da programação especial para a Parada Gay, o cantor Gabriel Póvoas, cuja vertente é a música popular brasileira, e o rapper Afro Jhow, sempre ligado à pluralidade de sons, fazem shows na noite de 08 de setembro. No dia 10, é a vez do grupo Panos e Mangas, que vem se destacando no cenário alternativo da MPB. O Afoxé Ilê Oyá e o bloco afro Alerta Mente Negra participam do Ensaio na quinta, 12. O Grupo Pirombeira dá o pontapé pro fim de semana, no dia 13. No sábado, 14, o showinstrumental da Duosense, formada pelas músicos Sérgio Bahia e Júlio Gomes, promete entreter o público com seus improvisos e interpretações baseadas em ritmos brasileiros. E o Seja Você um Sambista Solidário neste mês acontece na Quincas, levando adiante seu objetivo de fortalecer e resgatar o samba, e ao mesmo tempo contribuir com ações de responsabilidade social. Será no domingo, 15.

No dia 17, o largo abre espaço ao hip hop da Okaris, diretamente do bairro da Liberdade, o grupo tem como proposta falar sobre a vida na periferia e enaltecer suas raízes. E em mais uma noite dos Ensaios dos Afros e Afoxés, o afoxé Filhos de Nanã e o bloco afro Relíquias Africanas estarão à frente do evento. Na sexta, 20, acontece a segunda noite do Viola Vadia no mês. E no dia 21, mais hip hop, dessa vez com Os Agentes. Em seu repertório, o grupo passeia pelo funk e samba rock, mantendo a batida do rap.

Formado por mulheres com a proposta de manter vivo o samba de raiz e experimentar novas sonoridades, o grupo Samba Maria faz show no dia 24. E a última noite do projeto Ensaios acontece na quarta, 25, encerrando com o Afoxé Kambalagwanze e o bloco afroGinga do Negro. O projeto Viola Vadia retorna ao palco no dia 26. Na sexta, 27, é a vez daBanda Mistah “B” animar os visitantes do Pelô. E quem encerra o mês é a turma doBossa From Bahia, o quarteto propõe uma fusão da bossa nova com a diversidade musical baiana.
(Portal Secult)


Nenhum comentário:

Postar um comentário