+ DE 20 obras

sexta-feira, 30 de março de 2012

GOOGLE planeja vender tablets por meio de loja virtual própria

De olho no sucesso de vendas da Apple e da Amazon, Google planeja vender tablets de diversas marcas com Android por meio da web

Para aumentar vendas de tablets com Android,
Google planeja abrir sua própria loja virtual
O Google pode lançar em breve uma loja virtual própria para vender tablets com o sistema operacional Android, de acordo com reportagem publicada hoje no jornal The Wall Street Journal. Na loja, a empresa pretende vender tablets com a marca Google direto aos consumidores, uma tentativa que já falhou no passado, quando o Google tentou manter uma loja virtual para vender o smartphones Nexus One, fabricados em parceria com a HTC.

De acordo com o jornal, a loja faz parte da estratégia do  Google  para ganhar participação de mercado sobre seus concorrentes, entre eles a Apple, com o iPad, e a Amazon, com o Kindle Fire (que usa uma versão modificada do Android). As fontes do jornal afirmam que o  Google  espera vender produtos fabricados por diferentes empresas, entre elas Samsung e Asus, que serão responsáveis pela fabricação do hardware dos produtos.  

O primeiro tablet a ser vendido na loja virtual do  Google  será fabricado pela Asus, conforme informações que já circulam há algum tempo. Ainda não há informações de quando o  Google  pode anunciar oficialmente a loja, de acordo com as fontes, mas é possível que a loja seja lançada após a chegada do Android Jelly Bean, que estaria programado para a metade de 2012.

Com a loja, o  Google  tem a esperança de acelerar as vendas de tablets com Android, que tem apresentado resultado fraco em relação às vendas do iPad. Com a venda de mais tablets com seu sistema, o  Google  pode aumentar sua receita com os anúncios apresentados nas versões móveis de seus serviços, como busca, mapas e outros. Apesar da receita com dispositivos móveis ainda representar pouco em relação aos anúncios exibidos em PCs, o  Google  espera que US$ 2,5 bilhões sejam, em breve, provenientes de publicidade móvel.

Para vender tablets, que não são beneficiados por preços baixos por conta do subsídio de operadoras, o  Google  está considerando subsidiar, ele próprio, alguns modelos por meio da loja virtual. Segundo o jornal, apesar do esforço em sua loja virtual própria, as lojas de varejo e operadoras que vendem tablets com Android ainda se manterão como importante canal de vendas para o  Google .

Google pode fabricar seu próprio tablet no futuro
Ainda segundo a reportagem do jornal, o  Google  pode fabricar seus próprios tablets no futuro, já que comprou a Motorola Mobility, fabricante de smartphones, tablets e outros dispositivos, em agosto de 2011. Segundo as fontes ouvidas, tablets da Motorola também seriam oferecidos por meio da loja virtual, o que indica que o  Google  pode lançar em breve seus próprios tablets, mas ainda não está claro se eles terão a marca Motorola.

Segundo rumores recentes, o  Google  estaria planejando lançar um tablet de 7 polegadas, de baixo custo, para concorrer com o Kindle Fire até o final do ano. A produção do aparelho, segundo fontes, seria iniciada em abril e o tablet chegaria ao mercado com o Android 4.0 ou Ice Cream Sandwich, versão mais recente do sistema do  Google .

Nenhum comentário:

Postar um comentário