IPTU 2024

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

CAIRU - Rui Rezende lança livro com registros das belezas de Tinharé

O fotógrafo Rui Rezende lança amanhã, às 18 horas, no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra), o livro Encantos de Tinharé (R$ 100), no qual registra as belezas naturais do arquipélago que forma o município de Cairu, a que pertencem as localidades de Morro de São Paulo, Boipeba e Gamboa do Morro. O livro, além das belas imagens, traz também textos da antropóloga Gal Meirelles.
Conhecido por seus registros da região da Chapada Diamantina, onde morou por oito anos, Rui estava à procura de patrocínio para um livro sobre essa região.Acabou por receber do empresário Luiz Mendonça, do Grupo LM e natural de Cairu, a proposta para fazer um livro sobre Tinharé. Assim, o livro sai com patrocínio do grupo por meio de Lei de Incentivo à Cultura.

Apesar de não ser exatamente o que estava procurando, topou o desafio e encontrou nele a oportunidade de ver um novo olhar ser lançado sobre o seu trabalho. “Foi muito bom, porque eu era muito conhecido como fotógrafo da Chapada e, na verdade, sou um fotógrafo de natureza”, diz. Apesar de ser um livro que partiu de uma encomenda, Rui diz que o patrocinador o deixou bastante à vontade para fazer o que quisesse. “Em nenhum momento ele me cobrou nada. Fiz o que quis”.

Conhecia a região como turista e já a havia fotografado, pois leva seu equipamento, que pesa cerca 22 quilos, para onde quer que vá. Mas, profissionalmente, esse foi seu primeiro trabalho no arquipélago.

Para reunir o material passou por todas as ilhas no período de um ano. Fotografou as festas populares, depois rodou as ilhas de barco e também realizou fotos aéreas. Foram mais de 6 mil cliques para selecionar as cerca de uma centena e meia de fotografias que compõem a publicação. “Concluí o livro agora. Uma semana antes de ir para a gráfica ainda estava fazendo uma foto que ainda não tinha conseguido”, conta.

REMOTO
Por ser um fotógrafo avesso a centro urbanos, Rui resolveu voltar sua lente para regiões menos turísticas, mais remotas e desconhecidas de Tinharé. Predominam fotografias de paisagens e flagrantes da fauna local, porém os momentos mais expressivos são aqueles em que o homem aparece integrado à natureza. São trabalhadores e trabalhadoras que vivem do artesanato, da extração do dendê, da pesca, do manguezal, da casa de farinha.

“Gastei muito tempo procurando coisas na contracosta, dormi nas comunidades, convivi com as pessoas. Em toda foto houve um diálogo. Sempre busquei conhecer as pessoas que fazem o lugar. Nunca fiz a foto e fui embora”.

Para o próximo ano Rui Rezende prepara mais dois projetos. Seu próximo livro, Chapada Diamantina, Paraíso Desconhecido, deve sair depois do Carnaval. Além disso, o fotógrafo já prepara uma nova publicação sobre a região da cidade de Barreiras. “Assim cubro toda a Bahia, o litoral, o centro e o oeste”.

CONFIRA
Lançamento do livro Encantos de Tinharé, de Rui Rezende
Local: Café do Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra)
Data: Amanhã, quinta-feira (15\12), às 18 horas
ENTRADA FRANCA
(A Tarde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário