Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

CAPS de Valença presta assistência a mais de 700 pacientes por mês‏...

 
Localizado no bairro da Bolívia, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Valença foi mais um equipamento de atendimento ao público requalificado pelo município. Os CAPS são unidades especializadas em saúde mental para tratamento e reinserção social de pessoas com transtornos graves e persistentes. Em Valença são 1.089 pacientes cadastrados e um fluxo de cerca de 700 atendidos mensalmente. A unidade possui uma equipe multiprofissional composta por uma psiquiatra, uma psicóloga, além de uma assistente social, uma fisioterapeuta e uma enfermeira. De acordo com a psicóloga Joana Carvalho, os CAPS caminham no sentido inverso dos manicômios e visam a reintegração social dos pacientes. “O contato no dia a dia com os pacientes favorece o tratamento e gera confiança deles para com a equipe, estabelecendo uma cumplicidade e solidariedade, tornando o ambiente leve e sem conflitos”, disse Joana.

O encaminhamento para os CAPS pode ser realizado através de demanda espontânea, por intermédio de uma unidade de atenção primária ou especializada, após uma internação clínica/psiquiátrica ou ainda por indicação da assistência social ou por ordem judicial. O tratamento pode ser feito de forma individualizada ou coletiva, através de oficinas e grupos terapêuticos. Para esse encaminhamento, o Governo de Valença adquiriu recentemente um veículo novo. 

Para a prefeita Jucélia Nascimento, que é assistente social, o CAPS é um equipamento fundamental para as famílias que possuem pessoas com distúrbios mentais, servindo de apoio e ajudando na ressocialização dos pacientes. Além disso, os assistidos recebem medicamentos. Também são realizadas oficinas terapêuticas e visitas domiciliares para aproximar e interagir os pacientes com a equipe e familiares.
(Por Magno Jouber - Ascom/Governo de Valença)

Nenhum comentário:

Postar um comentário