Respeita as Mina

Respeita as Mina

domingo, 31 de agosto de 2014

Marina vai GANHAR de Dilma no primeiro turno...

Crescimento de Marina ultrapassará Dilma antes das eleições
Depois da pesquisa do Datafolha divulgada no Jornal Nacional, os adversários terão de trabalhar com a possibilidade de Marina Silva (PSB) vencer a eleição no primeiro turno, embora a tendência seja de segundo turno entre ela e a presidente Dilma Rousseff. Marina subiu 13 pontos em 10 dias, alcançou Dilma – as duas estão com 34% – e derrubou o tucano Aécio Neves para 15%. A queda de cinco pontos de Aécio é tão ou mais preocupante para Dilma do que o empate com Marina, porque os três são os únicos candidatos competitivos. Como todos os outros oito juntos somam 3%, o segundo turno depende de Dilma e Aécio estancarem a sangria.

A estratégia de Aécio de desconstruir a candidatura de Dilma está funcionando, mas ele não obteve qualquer vantagem dos ataques. Pelo contrário, perdeu pontos para Marina e corre o risco de se tornar vítima do voto útil: o antipetismo alimentado pelos tucanos nos últimos 20 anos ajuda Marina.

Na simulação de segundo turno, a vantagem também é de Marina, com 50%, 10 pontos à frente de Dilma. Em um cenário de segundo turno entre Dilma e Aécio, a presidente teria 48% e o tucano, 40%.

A pesquisa do Datafolha reflete os primeiros dias do horário eleitoral e o primeiro debate entre os candidatos. Atacada por todos os adversários, Dilma também viu piorar sua avaliação. O índice bom e ótimo caiu de 38% para 35% em 10 dias, enquanto o de ruim e péssimo subiu de 23% para 26%.

A notícia de que o Brasil entrou em recessão técnica, com o segundo trimestre consecutivo de queda no PIB, complica ainda mais a situação da presidente.

A situação de Aécio é ainda mais delicada: ele vem perdendo terreno para Marina em todos os Estados, incluindo São Paulo e Minas Gerais, dois colégios eleitorais dominados pelo PSDB. Em São Paulo, as pesquisas indicam a reeleição do governador Geraldo Alckmin, mas a campanha dos dois está descasada. Em Minas, o petista Fernando Pimentel abriu larga vantagem sobre o tucano Pimenta da Veiga.

Santa Catarina é outro exemplo de derrocada do PSDB. Em 2010, o tucano José Serra venceu a eleição em Santa Catarina. Fez 45% no primeiro turno e 56,6% contra 43,4% de Dilma Rousseff no segundo.

Neste ano, o quadro se alterou radicalmente. A pesquisa do Ibope divulgada hoje no Diário Catarinense mostra que Aécio tem 20%, dois a menos do que Marina Silva, o que configura empate técnico. Marina, que nunca digeriu o acordo de Eduardo Campos com a família Bornhausen, cresceu por conta própria em Santa Catarina e, na simulação de segundo turno, está tecnicamente empatada com a presidente Dilma Rousseff.

(Blog Rosane Oliveira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário