Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 2 de abril de 2014

VALENÇA: Escola Gentil comemora aniversário recebendo escritores...

Moacir Saraiva bate-papo com os alunos
Professores e alunos da Escola Estadual Gentil Paraíso, em Valença, participaram na manhã da sexta-feira 21\3, de um descontraído bate-papo com o escritor Moacir Saraiva. No evento, parte integrante das comemorações de aniversário da escola, foram entregues livros de autores valencianos para a biblioteca, além de exemplares sorteados entre os presentes.

Moacir Saraiva, que foi professor do IFBA e recebeu em 2010 medalha das mãos do presidente Lula por ter orientado uma aluna nas Olímpiadas de Língua Portuguesa, durante cerca de uma hora divertiu o público contando histórias que estão registradas em suas obras. Autor de 3 Fios d Vida, A riqueza do Detalhe e Olhares, além crônicas publicadas em coletâneas e no Jornal Valença Agora, Moacir escreve sobretudo o cotidiano, traduzindo-o muitas vezes de forma poética, prosaica ou humorada.

Representando a professora Flordolina Angélica, diretora da Direc5, Adriano Pereira, também doou exemplares de seus livretos de poesias para a biblioteca da escola. “Trago o abraço de Flor. Mas quero também recordar o tempo que aqui estudei e escrevíamos um jornal estudantil. Tenho muito orgulho de ter passado por aqui. Espero que vocês aproveitem e continuem a fazer jus ao nome que ela leva: Gentil Paraíso”.

A escola recebeu um quite por 5 livros, Saga de um menino do sertão, de Araken Galvão; Os dribles do acaso, de Alfredo Neto, Serapuí, sua história, belezas e lendas, de Edgard Otacílio; Fios de vida, de Moacir Saraiva e Os trabalhadores do mar: labuta, cultura e memória na ilha da Gamboa do Morro, Cairu, de Rosa Maria Fonseca Santos, pertencentes à coleção “Literatura do Baixo Sul”, publicada pelo Governo da Bahia, além dos exemplares dos livretos de poesia “Terço Mariano”, “Dez Graças Poéticas” e “Doszes P(r)ensadas.

Para a professora Flordolina Angélica, diretora da DIREC 5, os livros e o contato com os escritores estimulam à leitura na medida em que aproximam os estudantes da sua realidade local. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário