Respeita as Mina

Respeita as Mina

domingo, 16 de março de 2014

Programa Participativo do Governo de Valença chega ao Entroncamento e Serra Grande...

As comunidades das localidades do distrito de Serra Grande e Entroncamento, representadas por 14 associações, receberam na quarta-feira (12), no Cerger do entroncamento, uma equipe do governo de Valença, que vem interiorizando o Programa Participativo implementado pela Secretaria de Agricultura do município, com apoio de todas as outras secretarias.

O formato do programa foi o mesmo apresentado no Orobó e Jiquiriçá. O objetivo é dar voz às comunidades que reivindicam obras e serviços em um espaço democrático, onde a equipe de governo recolhe informações através de um questionário respondido pelas associações e, em outro momento, dá as respostas e apresenta um cronograma de ações.

Muitas foram as reivindicações. Entre elas a recuperação de estradas e pontes, conclusão de recuperação de algumas escolas, funcionamento de postos de saúde, iluminação pública e telefonia.

A comunidade elogiou o programa, ressaltando ser esta uma ação que demonstra a mudança de paradigmas e a busca por soluções onde as associações ficam frente a frente com a prefeita e secretários.

A prefeita Jucélia Nascimento reconheceu o desafio que é atender as demandas do campo e resgatar a dívida histórica com as famílias que vivem na zona rural. “Nunca se colocou na zona rural de Valença cinco frentes de trabalhos de assistência permanente de manutenção e conservação das estradas”, disse. São mais de 2,2 mil km de estradas vicinais que precisam de manutenção permanente, principalmente porque a região tem chuva o ano todo, dificultando o trabalho de patrolamento.

O vice-prefeito e secretário de Agricultura, Joailton de Jesus, disse que o mais importante é realizar as obras e serviços respaldados pelas comunidades. “Estamos aqui para ouvir vocês. As críticas são naturais e o nosso papel é tentar solucionar os problemas”, declarou.

Participaram ainda da reunião os vereadores Adailton Francisco, Renivaldo Menezes e Carlos Antônio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário