+ DE 20 obras

terça-feira, 5 de junho de 2012

GREVE dos PROFESSORES - Wagner reconhece derrota e pede arrego!

O Governador Wagner só esqueceu de dizer que o seu "reajuste por progressão" implica em fazer uma "prova de certificação" e não tem relação alguma com o reajuste (de 22,22%) PARA TODA A CATEGORIA previsto na Lei do Piso, assinado pelo "seu governo" em novembro de 2011. A categoria quer apenas o cumprimento da lei e ponto. Será que é tão difícil assim cumprir a palavra assinada num acordo? Que vergonha, GOVERNADOR!
Governador não cumpre a palavra e a Greve dos Professores continua...

LEIA A MATÉRIA:


Um novo apelo para que os professores da rede estadual de ensino retomem suas atividades foi feito pelo governador Jaques Wagner nos programas de rádio e na TV Bahia (de ACM Neto). “Vamos dar a tranquilidade a pais e alunos, voltando à sala de aula. Espero que a gente possa ter a normalização imediata para que os estudantes não sofram ainda mais”.

No Conversa com o Governador ele reafirmou o reajuste que resultará (diz ele!) na melhoria salarial para os docentes de 22 a 26%, incluindo os 6,5% já concedidos este ano. Wagner explica que isso representa a antecipação – do que seria concedido em novembro de 2013 e novembro de 2014 – para novembro de 2012 e abril de 2013, “agora na forma de promoção dentro "progressão" da carreira dos professores”.

Ele diz que sua maior preocupação é com o sofrimento dos pais de alunos e estudantes (óóóóóó!). Em razão disso, na tentativa de evitar a greve, “apresentei uma proposta, que não foi aceita. Depois de 55 dias, essa proposta está recolocada para apreciação do sindicato e dos professores. Quero deixar bem claro que estou adiantando o que estava previsto para novembro de 2013 e novembro de 2014”, reforça. Quer dizer: ele reapresenta AGORA a mesma proposta que levou a categoria a decidir pela GREVE...  (óóóóóó!). Faz-se de besta!

Reposição dos dias parados
De acordo com o governador, com a "nova" (?) proposta e mais os 6,5% concedidos a todo o funcionalismo, em 1º de janeiro deste ano, no mês de abril de 2013, os docentes vão acumular ganho salarial entre 22 e 26%. Wagner destaca, principalmente, a ansiedade dos estudantes do 3º ano do ensino médio, que farão vestibular e não podem ser prejudicados. “Esse é mais um esforço no sentido de que a gente retorne, imediatamente, à sala de aula e programe a reposição dos dias parados, para que os nossos alunos não tenham o ano letivo perdido”. (aaaahhhhhh...!)

Jaques Wagner enfatiza que, todos os anos, o Governo da Bahia concede reajuste. “Desde janeiro de 2007, quando assumi o governo, são 71,5% de reajuste geral para os professores, o que corresponde ao ganho de 30% acima da inflação. Por isso, o meu apelo, o meu esforço (noooossa!), mas tem uma hora que a gente precisa bater o martelo, fazer a negociação, ter o acordo para não sacrificar a nossa juventude com a perda de aulas”. (Viva a Europa...! Vive la France! - O governador tá precisando viajar mais um pouquinho...!)

Pelo visto até aqui...!

3 comentários:

  1. ARROGANTE... ELE E TODA A LAIA DO PT QUE APOIA ELE -- PARTIDO DOS TRABALHADORES(SIC)

    Lucas Pastor

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber por que o Sindicato não coloca uma nota em horario nobre desmentido tudo isso? Mostrando o contra-cheque real do professor de 40 horas, pq aquele é uma mentira (3.460,00). O Sindicato também é conivente. Fica em cima do muro. Só lamento tudo isso.

    ResponderExcluir
  3. Deus me livre e nos livre delles de novo..

    ResponderExcluir