Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Curso inovador forma jovens para o empreendedorismo rural em Valença

Trinta jovens, residentes na zona rural de Valença, com idade entre 16 e 29 anos, concluíram na quarta-feira (27), o curso Jovem Empreendedor Rural.

A solenidade de encerramento e entrega de certificados aconteceu no auditório da Ceplac e contou com as participações da prefeita Jucélia Nascimento, do vice-prefeito e secretário da Agricultura, Joailton de Jesus, e do chefe do Centro de Extensão da Ceplac, Sérgio Murilo.

O curso é um projeto inovador promovido pelo Centro de Extensão da Ceplac e tem por objetivo o fortalecimento da agricultura familiar, auxiliando jovens a buscar o desenvolvimento rural sustentável. Em Valença, o governo municipal, através da Secretaria da Agricultura, estabeleceu parceria com a Ceplac para viabilizar o empreendimento, que contou ainda com atores protagonistas, a exemplo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), Federação da Agricultura do Estado da Bahia (FAEB), IF Baiano, Banco do Nordeste.

Iniciado em 05 de agosto deste ano, com aulas teóricas e práticas, o curso Jovem Empreendedor Rural chega ao final do sua primeira etapa e já produz resultados: O jovem Andrelino Trindade ousou , procurando a Agência do Banco do Nordeste do Brasil, em Valença, e concretizou empréstimo através do Pronaf, que servirá de aporte para investimento em sua propriedade. “Hoje estou recebendo um presente de aniversário. Hoje tenho uma nova visão sobre as potencialidades do campo e sei que podemos viver na zona rural com dignidade”. disse.

A prefeita Jucélia Nascimento destacou o papel do agricultor e ao mesmo tempo aplaudiu a quebra de paradigmas como o preconceito e as barreiras que impedem o desenvolvimento das pessoas que residem na zona rural. “Esta qualificação está a serviço do bem-estar e da felicidade no trabalho, abrindo portas das oportunidades e a mente de todos vocês. Eu também me orgulho de ser filha de agricultores e ter nascido na zona rural”.

Joailton de Jesus achou os resultados da primeira etapa do curso altamente positivos. Para ele, a parceria entre prefeitura e Ceplac traduz uma nova etapa onde está envolvida a responsabilidade de cada um a serviço do desenvolvimento coletivo no município.

Em sintonia com os formandos, Sergio Murilo destacou o acesso às políticas públicas e oportunidades geradas a partir dos programas do governo federal, a exemplo de Pronaf Jovem, PNAE, PAA, PNEF – Nossa Primeira Terra e PNHR. Murilo também destacou a importância do planejamento, diagnóstico e dos avanços das pesquisas com relação à novas técnicas que possibilitam o aumento da produção e mecanismos que permitam a sucessão no campo. “O nosso objetivo é oportunizar ao agricultor qualidade de vida para que ele possa obter renda, mas tenha também condições plenas de viver com dignidade”, disse.

Para a aluna Iraci de Jesus, os três meses de cursos além de servirem de aprendizado técnico, também ajudaram na conquista da autoestima. “Antes, tinha vergonha de dizer que morava na zona rural, agora, a minha visão é outra e sei que posso ter sucesso e viver com dignidade”. 

O Curso Jovem Empreendedor Rural conta com 100 jovens inscritos e está garantida a continuidade em 2014. As aulas associam teoria e prática, discutem as políticas públicas no contexto do desenvolvimento rural sustentável, as dificuldades enfrentadas pela juventude no campo e a questão da sucessão rural. Reúnem em seu temário, conteúdos consonantes com a realidade da agricultura familiar, considerando a diversidade agropecuária, as questões ambientais, climáticas, tendências de mercado, verticalização da produção entre outras. Contemplam ainda intercâmbio de experiências com visitas técnicas ou painéis com convidados, informações sobre casos exitosos de organização social e acesso às políticas públicas e programas governamentais. Técnicos e pesquisadores da Ceplac e de organizações parceiras, convidados e representantes de organizações territoriais da agricultura familiar se revezam nas aulas teóricas e práticas.

Participaram ainda do encerramento do curso o presidente da Câmara de Vereadores de Valença, Bertolino de Jesus, o vereador Agostinho Junior, o chefe da Divisão Ceplac Valença. Antônio Jorge, representantes do Banco do Nordeste, e servidores públicos da Secretaria da Agricultura de Valença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário