+ DE 20 obras

segunda-feira, 22 de abril de 2013

MUSEU NACIONAL: Política de ação afirmativa É APROVADA para ingresso de indígenas e negros no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social

O colegiado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro aprovou, no dia 4 de outubro 2012, a adoção de uma política de ação afirmativa para ingresso de indígenas e negros em seus cursos de Mestrado e Doutorado.

A proposta foi apresentada por um grupo de alunos e foi regulamentada para entrar em vigor na seleção de 2013, com início do curso em 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário