+ DE 20 obras

quinta-feira, 13 de abril de 2023

Vereadores de Cairu lamentam decisão da SPU de suspender empreendimento em Boipeba...

Durante sessão especial realizada quarta-feira (12) na Câmara Municipal de Cairu, a maioria dos vereadores se posicionou contra a decisão da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) de suspender por 90 dias o licenciamento ambiental do projeto Fazenda Ponta dos Castelhanos, aprovado pela Portaria 28063 do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) no último dia 7 de março.

Os vereadores discutiram também a situação patrimonial da Ilha de Boipeba, que foi objeto tratado em nota conjunta divulgada pela SPU e pela Secretaria de Meio Ambiente do estado da Bahia. Segundo os vereadores, a visita técnica definida pelo órgão federal e pelo estado só terá legitimidade se envolver os poderes legislativo e executivo do município de Cairu, bem como a comunidade de São Sebastião (Cova da Onça), maior interessada na aprovação do empreendimento que foi suspenso.

Diego Meireles, presidente da Câmara Municipal de Cairu, fez um discurso duríssimo contra a SPU e contra a Defensoria Pública do Estado, lamentando que tivessem realizado uma reunião na Velha Boipeba para discutir uma questão que interessa à Cova da Onça.

“Essa audiência pública em Boipeba foi uma coisa esdrúxula e perversa, pois não convidaram nem a Câmara de Vereadores e nem a Prefeitura de Cairu. Fomos desrespeitados pela DPE e pela SPU”, afirmou.

“A SPU foi quem liberou o RIP (Registro Imobiliário Patrimonial), dando propriedade aos donos daquela terra, e agora pede para suspender a licença do Inema e analisar o RIP que eles mesmos deram”, ironizou o presidente, acrescentando que acha até engraçado o fato de empresários, proprietários de terras e de empreendimentos em Boipeba dizendo que a “terra de Boipeba é de domínio da União”. “Ficam aí batendo palmas para a SPU e daqui a pouco vão chorar a perda de seus próprios empreendimentos” O secretário do governo de Cairu Igor Gomes, presente na sessão, também foi enfático ao dizer que todas as discussões sobre o projeto precisam acontecer agora em Cova da Onça.

Já o vereador Elielson Pena (Ecinho), disse que conhece bem o local onde vai ser instalado o projeto. “Lá onde estão dizendo que vão construir uma nova pista de pouso, eu digo que essa pista já existia”, lembrou. “Muitos que criticam hoje o empreendimento, se saltarem em Boipeba não sabem sequer chegar na Ponta dos Castelhanos”.

Ecinho disse também que viu um vídeo com “um senhor de barba toda alva, com seu salário do governo federal, falando contra o projeto. Ao mesmo tempo a gente vê o povo da Cova da Onça com cartazes defendendo o desenvolvimento sustentável da região. Quem descasca seu coco com a barriga na lança é que sabe o que Cova da Onça precisa. E não aqueles que estão longe, nas grandes capitais.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário