Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Cairu usará recursos da TUPA para minimizar danos provocados pelo coronavírus...

Para minimizar os efeitos negativos provocados pela pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Cairu publicou na tarde da última segunda-feira (30) um novo decreto, com oito medidas para prevenção ao Covid-19 no município. Até o momento Cairu não tem nenhum caso constatado. Entre as novas medidas está a retomada do programa social Cheque Solidário que, desta vez, será realizado com recursos provenientes da Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA), paga por todos os turistas que visitam o Morro de São Paulo.


O Cheque Solidário é um programa de fomento comercial e assistencial a pessoas carentes. O benefício será destinado para as famílias em situação de vulnerabilidade social, durante o período de isolamento social. O cheque será usado para compra de alimentos da cesta básica, nos estabelecimentos comerciais credenciados pela Prefeitura. Vale destacar que Cairu é um município-arquipélago, que sobrevive basicamente do turismo. Além da criação do Cheque Solidário, Fernando Brito, prefeito de Cairu, estabeleceu novas determinações que entraram em vigor ontem, 31 de março. São elas: 

- Proibição da renovação da hospedagem de turistas, que ainda se encontram em hostels, hotéis, pousadas, casas de aluguel e demais atividades correlatas;

- Proibição de novos check-ins para prestação de serviços de hospedagem (em todas as modalidades) ou aluguel de casas de veraneio;

- Interdição de todas as praças municipais, quadras poliesportivas, campos e demais equipamentos públicos, que permitam a aglomeração de pessoas, para uso pela população;

- Prorrogação da validade dos decretos municipais acerca do fechamento do comércio, até 12 de abril; 

- Redução em 50% (cinquenta por cento) das novas aquisições de materiais e contratações de serviços pela Prefeitura de Cairu, salvo aqueles estritamente necessários ao funcionamento dos Serviços de Saúde e de Assistência Social, para atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade; 

- Continuidade da alimentação escolar para os alunos da rede pública municipal de ensino, no período em que as escolas municipais permaneçam fechadas; 

Praias vazias
Na semana passada a Prefeitura de Cairu determinou fechamento parcial do comércio, com exceção apenas para empresas consideradas prestadoras de serviços essenciais, como mercados, farmácias, clínicas, transporte fluvial, postos de combustíveis e padarias. Diversos hotéis, resorts e pousadas pararam de operar. 

Com quase nenhum turista no município, as praias do Morro de São Paulo, Boipeba, Garapuá e Moreré permanecem vazias. Equipes de monitoramento estão orientando todas as pessoas que insistem em frequentar as praias a retornarem para suas casas. Da mesma forma, técnicos da Secretaria do Turismo tem orientado os turistas a retornarem aos seus destinos de origem. 

Paralelo a isso, a prefeitura iniciou um cronograma de desinfecção de locais públicos. A ação acontece em terminais de embarque, ruas, praças, unidades de saúde, templos religiosos e outros pontos de grande circulação de pessoas. A Secretaria da Saúde capacitou o efetivo para o atendimento às demandas e reforça a necessidade do isolamento social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário