Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 7 de julho de 2015

Funcionários e parceiros promoverão “abraçaço” em prol da Santa Casa de Valença na sexta-feira...

Funcionários, prestadores de serviços e parceiros da Santa Casa de Misericórdia de Valença estão organizando um “abraçaço” em prol da instituição. A ação representa um gesto simbólico de adesão ao Movimento Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do SUS, chamando atenção para a grave crise financeira vivenciada pelas Santas Casas em todo o país.

O “abraçaço” deve reunir cerca de 400 pessoas, que, vestidas de branco, darão as mãos, contornando todo o quarteirão ocupado pelo hospital. A Polícia Militar e o Departamento de Trânsito da cidade de Valença darão suporte ao movimento.

Autoridades locais e regionais já confirmaram presença na ação. Antes do “abraçaço”, eles vão participar da inauguração de novas unidades assistenciais da Santa Casa de Valença, com dois espaços para Fisioterapia e um prédio anexo para atendimento do Mutirão de Cirurgias Eletivas e Ouvidoria. O deputado federal Antônio Brito, o Presidente da Federação das Santas Casas e Entidades Filantrópicas da Bahia, Maurício Dias, a Prefeita da cidade de Valença, Jucélia Nascimento, o Deputado Estadual Hildécio Meireles, o Prefeito de Cairu, Fernando Brito, o Presidente da Câmara de Vereadores de Cairu, Cláudio Brito e o Presidente da Câmara de Vereadores de Valença, Antônio Agostinho Silva Junior, são algumas autoridades já confirmadas.

Déficit da Santa Casa de Valença já é de R$ 1,4 milhão
A Santa Casa de Valença vem sofrendo os reflexos da crise na saúde. Desde o ano passado, a instituição vivencia cortes nos valores repassados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), que hoje já somam um montante de R$ 1,4 milhão. 

Além dos cortes da SESAB, o sub-financiamento do SUS vem estrangulando o orçamento da Santa Casa de Valença, já que o valor pago não cobre o custo dos serviços. Segundo a Confederação das Santas Casas, o déficit do valor pago às Santas Casas por procedimento realizado pode chegar a 200%.

A Santa Casa de Valença realiza mais de 100 mil atendimentos anuais, com serviços de urgência e emergência 24h, partos, atendimentos ambulatoriais, internamentos e cirurgias, além dos serviços multidisciplinares, como fisioterapia.

Funcionários e grupos organizados iniciam mobilização nas redes sociais
Na manhã desta segunda-feira (06), o provedor Guido Araújo Magalhães Junior reuniu colaboradores da Santa Casa de Valença, objetivando conscientizar sobre a crise financeira que afeta a instituição. A equipe comprou a causa e já iniciou uma mobilização nas redes sociais, chamando atenção para a importância do apoio à Santa Casa. Familiares, escolas e grupos organizados, a exemplo da OAB da cidade de Valença, também já garantiram apoio ao “abraçaço”, que será promovido na sexta-feira, 10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário