Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

FERRY: passageiros protestam por cobrança de valor indevido em Bom Despacho...

Um grupo de passageiros do Sistema Ferry-Boat realizou uma manifestação, na manhã de ontem, no Terminal de Bom Despacho, na Ilha de Itaparica, por conta de um erro na cobrança da tarifa — a concessionária Internacional Marítima, que administra o serviço, cobrou mais caro pelo transporte mesmo não sendo feriado em Itaparica, cidade onde fica o termin

Durante 40 minutos, cerca de 50 pessoas impediram a passagem de carros e pedestres em protesto contra o valor errado da tarifa. Em dia útil, o transporte do carro de passeio custa R$ 33,90 e R$ 3,95 por passageiro. Já aos sábados, domingos e feriados, os valores sobem para R$ 46,70 e R$ 5,20, respectivamente.

“Eu perguntei ‘por que estão cobrando esse valor?’ e a atendente me disse que era a tarifa de feriado. Até argumentei que na Ilha não era (feriado), mas ela falou que eram ordens da companhia”, disse o jornalista Carlos Alberto Santana, 59 anos.

Em Itaparica, o dia de Nossa Senhora da Conceição da Praia não é feriado municipal, como ocorre em Salvador — onde, no Terminal São Joaquim, foi cobrada tarifa diferenciada. Segundo o representante comercial Denival Azevedo, 46, que também estava no terminal na manhã de ontem, a Internacional Marítima retirou os atendentes de todos os guichês durante a manifestação. 

Após esse tempo, os atendentes retornaram e a passagem passou a ser cobrada com o valor dos dias úteis. Como já havia embarcado no ferry Zumbi dos Palmares, Carlos Alberto não pôde retornar ao terminal para solicitar o reembolso da quantia paga a mais. O mesmo aconteceu com Denival, que deixou para pedir o reembolso quando desembarcasse em São Joaquim. 

Porém ele e outros passageiros foram informados de que só poderiam reaver o dinheiro em Bom Despacho. Procurada, a assessoria da Internacional Marítima confirmou que houve cobrança indevida em um dos embarques ocorridos no Terminal de Bom Despacho ontem de manhã, mas não soube informar o horário e o nome da embarcação em que o fato ocorreu.

A empresa afirmou que uma falha no sistema provocou o erro na cobrança, mas disse que o problema foi resolvido ainda na manhã de ontem. De acordo com a concessionária, os passageiros prejudicados devem se dirigir ao setor administrativo da empresa no Terminal de São Joaquim e apresentar suas passagens para ser ressarcidos.
(Correio*)

Nenhum comentário:

Postar um comentário