Respeita as Mina

Respeita as Mina

sábado, 1 de novembro de 2014

Participação da Enseada na FLICA encanta baianos e estrangeiros‏...

Quando Jamile Menezes, mais conhecida na Fliquinha por Boneca Zamilha, entrou em cena nesta sexta-feira, o Cine Theatro Cachoeirano já estava completamente lotado, e com fila na porta. Essa movimentação toda foi por causa do lançamento e contação de história do livro “A Mãe do Timbó”, uma publicação da Enseada de autoria do antropólogo Vilson Caetano e Maria das Mercês Ferreira, moradora do Quilombo Calolé, em Cachoeira. A ação faz parte da programação do Estaleiro na Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) que começou na quarta-feira e vai até domingo (2).

Segundo Sandra Costa, coordenadora de Responsabilidade Social da Enseada, com um trabalho de pesquisa apurado e bem planejado foi possível trazer esse ano para a Flica um pouco da história dos quilombos cachoeiranos. “O objetivo da Enseada é fazer multiplicar o conhecimento dessas histórias, das pessoas oriundas da escravidão. Foi nítida a propagação dos conteúdos disponibilizados. Percebemos um interesse muito grande por parte dos professores. O nosso estande ficou lotado hoje. Com atividades lúdicas e recreativas, as crianças se envolveram. Os adultos conheceram as mais recentes publicações do Estaleiro e também ficaram encantados”, comentou a coordenadora.

Programação para HOJE (01/11)
A expectativa é que a Flica receba no sábado (1º) o maior número de visitantes de todos os dias do evento. Para isso, a Enseada vai promover ações especiais com o objetivo de disseminar para o maior número de pessoas a cultura do Recôncavo. Confira abaixo a programação: 

9h30 – Fliquinha (cinema): Contação da história “O Homem que Virava Bicho e o Bicho que Virava Homem”

10h – Praça Teixeira de Freitas: Abertura do estande da Enseada, com atividades infantis

15h30 – Praça Teixeira de Freitas: Exibição do vídeo “2ª Chegança de Saubara”

16h às 18h – Praça Teixeira de Freitas: Apresentação da Marujada de Saubara



Nenhum comentário:

Postar um comentário