Respeita as Mina

Respeita as Mina

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Exposição com objetos exclusivos marca aniversário de Jorge Amado...

Fotos, manuscritos originais e objetos nunca expostos antes, são vistos na mostra “A Casa do Rio Vermelho”, no Shopping Iguatemi, até 10 de setembro. 

Fotografias exclusivas, manuscritos, esculturas e objetos pessoais do escritor baiano Jorge Amado poderão ser vistos pela primeira vez na Exposição “A Casa do Rio Vermelho”, que será aberta no próximo domingo (10/08), às 19h, na Alameda das Grifes, do Shopping Iguatemi. 

A mostra faz parte das comemorações do aniversário do escritor, que este ano coincidiu com o Dia dos Pais, e segue até o dia 10 de setembro. É também uma oportunidade de apresentação pública de parte do acervo, que será exposto o memorial a “Casa do Rio Vermelho”. 

A exposição traz 54 peças do acervo pessoal do casal de escritores. Os visitantes poderão conferir uma amostra da coleção de sapos do escritor , dos chapeus vindos de diversas partes do mundo, o local onde Jorge Amado costumava trabalhar com sua máquina de escrever, óculos, as máquinas fotográficas de Zélia, bengalas, além das camisas estampadas,que marcam o estilo do escritor. 

No local será recriado o espaço onde Jorge escrevia. Estarão presentes sobre a escrivaninha de trabalho a máquina de escrever, óculos e originais do autor, junto com sua coleção de bengalas e baú de ferro.

Um dos destaques da mostra é a escultura em formato de flor feita pelo arquiteto Oscar Niemeyer, que será apresentada pela primeira vez ao público. A escultura foi presenteada a Zélia Gattai no ano do falecimento do Jorge Amado. 

Outro objeto que merece atenção é um pato preto, com machas brancas, de origem francesa, marcado por uma curiosa estória que faz parte do livro “Memorial do Amor”, escrito por Zélia Gattai, em 2014. Algumas páginas originais deste livro também estarão à disposição dos visitantes.

Registros e Fotografias 
Como todo bom viajante, Jorge Amado e Zélia Gattai adoravam registrar momentos, pessoas e lugares por onde passavam, além de registros de visitas de amigos ilustres e personalidades nacionais e internacionais que estiveram na residência. 

Quem for à exposição poderá interagir com vida e obra de Jorge Amado. Os visitantes poderão sentar e fotografar no cenário formado pelo banco de mosaico de azulejos, assinados pela artista plástica Lina Bo Bardi, que fica aos pés da mangueira onde repousa as cinzas do casal, no jardim da Casa.

O acervo exposto faz parte do “Memorial Casa do Rio Vermelho”. Ponto turístico de Salvador, a casa que fica na rua Alagoinhas, 33, onde moraram Jorge Amado e Zélia Gattai, tem inúmeras obras de arte, objetos pessoais e inusitados, um verdadeiro paiol de cultura e memória do artista. A Casa está em reforma e será aberta ao público em setembro deste ano. 

A exposição “Casa do Rio Vermelho” fica em cartaz durante todo o mês de agosto. A curadoria é da museóloga Angela Pitintinga e da família Amado, representada pelos netos Maria João e Jonga Amado. A entrada é gratuita. 

SERVIÇO
Exposição: “A Casa do Rio Vermelho”
Local: Alameda das Grifes - 3º piso - Shopping Iguatemi
Horário: de segunda a sábado, das 09h às 22h. Domingos e feriados, das 14h às 21h.
Período: 10 de agosto a 10 de setembro de 2014.
(LK Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário