Respeita as Mina

Respeita as Mina

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Missão do BID visita Valença‏...

A CEPLAC recebeu no último dia 29, técnicos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para um encontro visando aproximar as duas instituições na busca do aprimoramento de projetos de agricultura de baixo carbono e desmatamento evitado, para reduzir a pobreza na região do Baixo Sul da Bahia.

A reunião aconteceu no auditório do escritório em Valença, com as presenças do chefe de extensão, Sérgio Murilo, e do vice-prefeito e secretário de Agricultura de Valença, Joailton de Jesus. 

A missão do BID, que trata do Bioma Mata Atlântica, chefiada por Rodrigo Bezemac obteve informações importantes sobre a agricultura e a situação do bioma regional e a situação do nosso bioma. O Baixo Sul e Sul da Bahia, que abrigam ainda parte significativa da Mata Atlântica, passam por uma grande transformação no que diz respeito ao cultivo e manejo agrícola. Uma dessas mudanças, o Sistema Agroflorestal, vem sendo aprimorada pela CEPLAC e tem apresentado ótimos resultados, gerando renda para o homem do campo, com respeito ao meio ambiente. A preservação ambiental é uma das condicionantes do programa. Para isso, o engenheiro Florestal Dan Lobão, disse que a CEPLAC está cadastrando matrizes com a criação de viveiros para cultivar espécies florestais ameaçadas de extinção como o Pau Brasil e Jacarandá, entre outras.

Após a reunião, técnicos da CEPLAC e integrantes da Missão se dirigiram para a uma fazenda-modelo, localizada na zona rural de Valença, onde realizaram estudos de campo. 

Participaram ainda da Missão do BID, Mariana Vilar (coordenadora Bioma Mata Atlântica), Axclle Boulay, Lars Johnsen e David Wilhite. Além de técnicos da CEPLAC, EBDA, Coofava, MAPA e Seagri.

A CEPLAC possui 07 núcleos e 50 escritórios, que atuam em 108 municípios, com mais abrangência nas regiões Sul e Baixo Sul da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário