Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 6 de maio de 2014

SAMU de Valença começa a funcionar no próximo dia 15‏...

Treinamento da equipe do SAMU de Valença
A partir do dia 15 de maio (quinta-feira), os quase 90 mil habitantes da cidade de Valença poderão contar com os serviços do SAMU 192. A vinda do equipamento, agora, é fruto da determinação da prefeita Jucélia Nascimento, que estabeleceu como uma das metas de seu governo a melhoria no serviço de saúde pública do município. 

Todo o processo foi iniciado logo nos primeiros dias de governo, em 2012, através da Secretaria de Saúde, que buscou as condições para trazer o SAMU para Valença. 

Especialistas e médicos entendem como um “divisor de águas” no atendimento de urgências e emergências, após a implementação do SAMU 192. Com isso, muitas vidas poderão ser salvas, haja vista que o serviço será prestado com mais agilidade, permitindo que o paciente seja já atendido adequadamente ainda dentro da ambulância.

Com base no bairro da Bolívia, o SAMU já está com todos os equipamentos e pessoal treinado para iniciar suas atividades. A partir de uma ligação gratuita para o número do telefone 192 uma equipe se deslocará para o local da chamada, prestando os atendimentos necessários. De Acordo com a secretária de Saúde Ionete Nery, o município possui duas ambulâncias, sendo uma básica e outra avançada. Inicialmente os atendimentos serão prestados pela básica, enquanto o município se prepara para contratação de mais médicos para ativar os serviços com o equipamento avançado.

TREINAMENTO 
Durante toda essa semana a equipe de enfermeiros, socorristas e técnicos do SAMU 192 estará passando pelo último treinamentoantes de o equipamento passar a funcionar. As aulas estão sendo ministradas pelo enfermeiro emergencialista Adenilson Queiroz e acontecem pela manhã e pela tarde, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb Campus XV), no bairro do Novo Horizonte. Uma simulação está prevista para acontecer na próxima sexta-feira (09), com local ainda a ser definido pela Secretaria municipal da Saúde.

Os profissionais, que contam com a coordenação da enfermeira especializada em saúde pública, Cíntia Menezes, estão sendo orientados quanto aos procedimentos emergenciais e aos cuidados no momento do atendimento. Segundo Adenilson, o maior problema enfrentado pelos atendentes do SAMU está relacionado ao trote, o que tem ocasionado transtornos aos próprios usuários, haja vista que as “brincadeiras” demandam o deslocamento da ambulância para um determinado local, enquanto alguém pode estar precisando do atendimento em outro.
(Ascom - Governo de Valença)

Nenhum comentário:

Postar um comentário