+ DE 20 obras

quinta-feira, 25 de julho de 2013

IGUALDADE RACIAL é Tema de Conferência Municipal em Cairu...


A Prefeitura de Cairu, através da Secretaria de Políticas Sociais, em parceria com a Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi)  realizou, no último dia 16, a I Conferência Municipal da Igualdade Racial, que teve por tema "Democracia e desenvolvimento sem racismo: por um Cairu afirmativo". 

O evento aconteceu no Convento de Santo Antônio e teve como foco o debate de iniciativas e políticas públicas para a promoção da igualdade racial e o enfrentamento à discriminação. Segundo dados do censo de 2010 do IBGE, 84% da população cairuense é negra. Atualmente o município conta com sete comunidades quilombolas reconhecidas, são elas: Cajazeira, Prata, Rua do Fogo, Batateira, Galeão, Torrinhas e Monte Alegre.

Participaram da conferência o prefeito Fernando Brito e a primeira-dama Adriana Brito; a secretária de Políticas Sociais, Isabela Brito; o representante da Sepromi, Caruso Costa; o coordenador estadual das comunidades quilombolas, Márcio Negão; a coordenadora de projetos sociais, Ioná Manuela, a presidente do conselho de assistência social, Julieta Maia; a conferencista Vanda Sá Barreto; Mãe Bárbara de Cajaíba, representando os terreiros do Baixo Sul; os edis municipais Jacy Bartolomeu, Elias Santos, Cláudio Brito e Paulinho, as secretárias municipais Cíntia Rosemberg e Edileuza Gonçalves, entre outras autoridades.

Para a secretária de Políticas Sociais, Isabela Brito, a conferência é um momento marcante para o município. "Esse é o primeiro passo para a construção de novas políticas públicas e a presença de comitivas vindas de todos as ilhas do nosso município comprova que nossa população já entendeu que isto só é possível com a participação ativa de todos", disse a secretária.

Durante a abertura do evento, o prefeito Fernando Brito destacou a importância da concretização das ações levantadas. "Tudo que for discutido aqui deve ser levado para prática, pois o mundo muda a partir de cada um de nós. Cada um de nós tem que exigir um tratamento igualitário para todos e lutar para que as matrizes da cultura africana não desapareçam, a exemplo do que aconteceu com a cultura indígena, que existia no nosso arquipélago. A administração municipal tem trabalhado para reparar o débito histórico que nossa sociedade tem com os afrodescendentes. Em breve inauguraremos em Torrinhas a nossa primeira escola quilombola, mas sabemos que ainda é preciso muito mais", disse o prefeito.

De acordo com a palestrante Vanda Sá Barreto, especialista em políticas públicas de gênero e raça, todos devem se unir para acabar com a desigualdade. "O que queremos é acabar com os dois 'Brasis', queremos respeito aos povos e comunidades tradicionais, queremos combater o racismo, a discriminação e o preconceito. Para isto, a sociedade civil tem que se unir ao poder público na construção de políticas afirmativas", ressaltou a conferencista.

Após a discussão dos eixos temáticos, os presentes votaram em plenária diversas propostas importantes, entre elas a criação de uma Superintendência da Igualdade Racial; promoção de programas de saúde e educação específicos para população negra e a elaboração de um mapeamento/diagnóstico das associações e instituições quilombolas do município.

Também foi realizada a eleição para os delegados que participarão da III Conferência da Igualdade Racial do Estado, que ocorrerá no mês de agosto, em Salvador. Os representantes escolhidos foram Catita Almeida (Sociedade Civil), Jailenon Gonzaga (Sociedade civil/suplente); Ioná Manuela Santana (Poder Público) e Ana Cláudia Santos (Poder Público/suplente).

Conferencistas
Secretária de Políticas Sociais Isabela Brito
Prefeito Fernando Brito

(Jamille Soares - Assessora de Comunicação Prefeitura de Cairu-BA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário