+ DE 20 obras

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 2013 - Confira o resultado do sorteio AQUI

Confira aqui o resultado...

Os candidatos que foram sorteados para os cursos de Educação Profissional, modalidade subsequente, para quem já concluiu o Ensino Médio, deverão se dirigir ao Centro Estadual de Educação Profissional de Valença (antigo COESVA) ou ao Centro Territorial de Educação Profissional do Baixo Sul, em Gandu, para confirmar suas participações.


Matrícula – A matrícula para os contemplados no sorteio eletrônico ocorrerá nos dias 25 e 26 de fevereiro de 2013. As pessoas contempladas deverão se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram.

No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência, duas fotos três por quatro e histórico escolar. Só serão aceitos Atestados de Conclusão de cursos para os alunos concluintes do ensino médio no ano letivo de 2012. A lista dos sorteados também está divulgada no mural da DIREC-05 / VALENÇA, Avenida Tancredo Neves, 150, no bairro da Graça  através do link: http://escolas.educacao.ba.gov.br/resultado-sorteioeletronico

Foram 128.518 pessoas inscritas para 11.580 vagas, um número recorde quando comparado a 2012, que registrou 115.846 inscrições. Confira aqui o resultado.

Os cursos são oferecidos na forma de articulação subsequente, ou seja, para jovens e trabalhadores como Derijane, que concluíram o ensino médio em escola pública, e voltam a estudar fazendo um curso técnico. No total, 51 cursos foram disponibilizados como técnico em farmácia, cuidador de idosos e em produção de moda, que estão sendo oferecidos pela primeira vez na rede estadual.

As aulas, previstas para começar em 1º de abril, serão ministradas em 61 Centros Territoriais (Cetep) e Centros Estaduais (Ceep) de Educação Profissional, de 62 municípios, nos 27 territórios de identidade.

Candidatos acompanharam a realização do sorteio eletrônico no IAT e também nas salas das 33 Diretorias Regionais de Educação (Direc) espalhadas pelo interior, por videoconferência. O sorteio, por ser eletrônico, não tem interferência humana e é auditado por órgãos controladores do Estado como Ministério Público e Ouvidoria Geral do Estado.


Especialização tem beneficiado jovens e trabalhadores

O secretário da Educação, Osvaldo Barreto, comemorou os resultados que vêm sendo obtidos. Em 2007, eram apenas 4.016 pessoas matriculadas em cursos técnicos de nível médio na rede estadual, que já registrava, no final de 2012, mais de 60 mil jovens e trabalhadores beneficiados.

“O sentido da Educação Profissional é ter a capacidade, a mobilidade para oferecer cursos que a dinâmica econômica do Estado requer, aumentando a possibilidade de empregabilidade das pessoas. A gente tem consciência de que a oferta ainda é pouca, mas representa um esforço enorme do Estado, que já atende a todos os territórios de identidade”, afirmou o secretário.

Para o superintendente da Educação Profissional do Estado, Almerico Lima, os jovens estão percebendo as oportunidades existentes no mundo do trabalho, decorrentes de demandas geradas pelo desenvolvimento socioeconômico e ambiental do estado. “Não à toa, em Salvador, os cursos de edificações, eletromecânica e nutrição estão entre os mais procurados. Estes são cursos que respondem ao boom imobiliário e às demandas da Copa 2014”.


Pronatec

Durante o sorteio eletrônico, Almerico Lima apresentou uma novidade - o banco de dados dos não contemplados no atual sorteio foi direcionado para cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e para outros cursos gratuitos que demandem a escolaridade de ensino médio, sempre seguindo a ordem do sorteio.

“Isso significa que estas pessoas poderão ser convocadas para fazer cursos de qualificação sempre que houver disponibilidade de vagas. É uma forma de reconhecer e atender ao esforço de quem procura a educação profissional pública, inclusive nos anos anteriores”, explicou Lima.

Os cursos mais concorridos na capital foram administração, para o turno noturno, com 155,9 candidatos por vaga, e edificações, com 142,4 candidatos por vaga, também do turno noturno, do Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão Severino Vieira (Ceep), seguido do curso de eletromecânica, noturno, com 93,9 candidatos por vaga, oferecidos pelo Ceep em controle e processos industriais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário