+ DE 20 obras

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Professores protestam na Governadoria

Os professores estaduais, em greve há uma semana, protestaram nesta quarta-feira (18), em frente à Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Usando camisas com os dizeres "Governador, acordo é para ser cumprido. 22% já!", a categoria tenta pressionar o governo a pagar o mesmo percentual aplicado ao piso nacional pelo Ministério da Educação (MEC).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Docentes (APLB), Rui Oliveira, o governador Jaques Wagner prometeu, em 2011, que iria fornecer o reajuste de 22%, mas não cumpriu. Na última sexta (13), a Justiça declarou a greve ilegal, mas Oliveira argumenta que a decisão não foi julgada pela União.

Professores de Feira de Santana, Chapada Diamantina, Itabuna, Ilhéus, Camacan, Una, Pau Brasil e Região Metropolitana de Salvador (RMS) participaram do protesto. Estudantes também estavam presentes.

"O ensino na Bahia está defasado por conta da má remuneração dos professores e falta de infraestrutura das escolas. Professores com salários dignos oferecem um ensino de qualidade em sala de aula", defende Wesley Machado, presidente da Associação Baiana Estudantil Secundarista (Abes).
(A Tarde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário