+ DE 20 obras

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

INACREDITÁVEL – R$ 1.300.000,00! Valença deixa de aplicar quase um milhão e trezentos mil reais na manutenção das ruas. Cidade acaba de receber o título de “Buracolândia da Bahia”

Município já recebeu este ano toda essa verba do IPVA, que deveria ser aplicada na recuperação e manutenção das vias públicas...
Haja desinteresse e falta de zelo!

Valença da Bahia acaba de receber o incômodo título de “Cidade Primaz da Buracolândia do Estado”. A campeã fez por merecer esta desonra tão indecorosa ao apresentar para o júri os buracos sem-vergonhas das três entradas da cidade, vindo pelos bairros do Jacaré, Pitanga ou Aguazinha, além do maior parque (a ceu aberto) de buracos do mundo, localizado na Avenida Dendezeiro (foto), e do incrível efeito tobogã, normatizado, pelo setor competente, para todo o calçamento a paralelepípedo da zona urbana. Entretanto, segundo técnicos especializados em desconforto, todos perdem com isso, exceto os donos de autopeças, mecânicos e as lavadeiras, que, respectivamente, lucram vendendo amortecedores, consertando carros e lavando as roupas sujadas pelas poças espalhadas por todos os bairros.

Vale salientar que a Valença Campeã da Buracolândia da Bahia carrega esse título com destemor. “Os buracos daqui geram dezenas de empregos e renda nas oficinas de carros e receitas aos proprietários de autopeças...”, conforme pilhéria de mau gosto declarada pelo gestor municipal meses atrás.

Outra situação interessante é que não se pode dizer que a “buracolândia da Bahia” foi implantada nos últimos dias de chuva, que caíram no seu território. Há pelo menos dois anos dez meses e catorze dias que a cidade de Valença vive no abandono. Vive de promessa também: em 2009 esperou o socorro do SAAE; em 2010 foi a vez da Petrobras ser colocada na lista de salvadora da pátria e em todo o ano de 2011, que se encerra, era dose pra Leão, mas o moço sumiu... Enquanto isso, o título de "Buracolândia da Bahia" vai ficando por aqui, em Valença, cidade que retrata bem o quanto é doloroso ser governada por quem não sabe cuidar do município. Está quase tudo mal cuidado pelo prefeito Ramiro Queiroz. Falta carinho, atenção, respeito e um olhar humano, sensível.

Para entender o tamanho da vergonhosa façanha de ostentar o título menos desejado do Estado, saiba que só de IPVA - Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores - o município de Valença recebeu de 1º de janeiro de 2011 até 31 de outubro de 2011 a bagatela de R$ 1.280.585,56 – mais de um milhão duzentos e oitenta mil reais - e nada foi feito! Esse dinheiro seria justamente pra isso. Para dar condições de tráfego a quem paga os impostos, que abarrotam os cofres públicos do município.

Valença é a maior buracolândia da Bahia. Seguida pela a vice-campeã “Itabunas”, Itiruçu (terceira colocada), Ipiaú (quarta) e Salvador (quinta).
(Foto: Blog do Pelegrini)

Nenhum comentário:

Postar um comentário