Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

MARINHA abre concurso com 1.860 vagas para Fuzileiro...

Estão abertas as inscrições do concurso da Marinha que oferece 1.860 vagas. As oportunidades são destinadas ao curso de formação de soldados fuzileiros navais (C-FSD-FN) para as turmas I e II - 2017. O candidato deve ser do sexo masculino e ter concluído o ensino médio ou curso equivalente, além de ter no mínimo 18 anos e no máximo 21 anos de idade.

Do total, 65 vagas são reservadas aos candidatos que escolherem servir, após o curso de formação, no Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador. A inscrição deve ser feita até o dia 29, pelo site da Marinha. A taxa custa R$ 12.

Os candidatos vão passar por seis etapas de seleção: exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico. Os aprovados no concurso e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no curso e o realizarão na condição de recruta fuzileiro naval (RC-FN).

Durante o curso de formação, o recruta vai receber R$ 642 por mês, como ajuda de custo para despesas pessoais. Mediante a aprovação no curso, o recruta será nomeado soldado fuzileiro naval (SD-FN), quando vai passar a receber remuneração inicial de R$ 1.587.


O curso terá duração de 17 semanas e será realizado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA), no Rio de Janeiro, e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), localizado em Brasília, em regime de internato e dedicação exclusiva até a formatura.

Composta por questões de Língua Portuguesa e Matemática e com duração de três horas, a prova escrita está marcada para 26 de abril. O concurso será encerrado na data da matrícula para o curso de formação.

O QUE FAZ?
O fuzileiro naval é um soldado combatente. O que o difere do marinheiro é que sua função é exclusivamente combativa – diferente da do marinheiro, que tem como função auxiliar nas rotinas da embarcação. Os fuzileiros navais são considerados uma tropa de elite das Forças Armadas porque passam por uma seleção ainda mais criteriosa que a seleção de aprendiz de marinheiro e recebem um treinamento mais extenso e exaustivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário