Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Governo de Valença inaugura nos próximos dias Central do Bolsa Família

O Governo de Valença, por meio da Secretaria de Promoção Social, inaugurará nos próximos dias a Central de Atendimento do Programa Bolsa Família. 

De acordo com Renata Sampaio, a nova central permite um atendimento mais acolhedor e atencioso às famílias que são dependentes do equipamento. “Iremos dar um grande passo para otimização da qualidade do atendimento, que com certeza será mais humanizado. Estamos com várias equipes há mais de seis meses estruturando este novo projeto que com certeza valerá a pena”, disse a secretária.

A prefeita Jucélia Nascimento falou da importância da reestruturação do equipamento e do interesse do poder público na investida de equipamentos. “Estamos no processo constante de estruturação dos programas que acolhem o ser humano (CRAS, Creas, CRAM e CEIP) visionamos nossos munícipes como cidadãos que merecem respeito e não como uma estatística por isso este investimento é única e exclusivamente para o povo de nossa Valença”, afirmou.

O Prédio
Localizada na Rua Cecília Meireles, antigas instalações do Paulo Freire/UNEB a nova sede passará a contar com recepcionista, atendentes especializados, entrevistadores, assistente social, coordenadores, arquivista e auxiliares. O espaço oferecerá maior qualidade, além do espaço e acessibilidade do local.

O Programa
Para participar do Programa Bolsa Família é preciso se inscrever no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais), ele é o portal de entrada para todos programas sociais e também para o Minha Casa, Minha Vida.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. Ele integra o Plano Brasil sem Miséria, que tem como objetivo assegurar o direito humano à alimentação adequada, promovendo a segurança alimentar e nutricional, além de contribuir para a conquista da cidadania pela população mais vulnerável à fome. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário