Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Audiência Pública marca inserção do Baixo Sul no projeto da Ponte Salvador-Itaparica‏

Uma segunda audiência pública realizada na noite desta segunda-feira (21), levou um bom número de pessoas ao auditório da ACE/CDL de Valença, para ouvir do secretário de Planejamento do Estado, José Sérgio Gabrielli, respostas às questões que pairam em torno das discussões sobre os impactos decorrentes da construção da ponte Salvador-Itaparica e do novo eixo viário interligando a Região Metropolitana de Salvador (RMS) ao Recôncavo e ao Baixo Sul.

Ouvindo propostas que avançaram sobre a audiência anterior, desta vez os presentes puderam perceber que a região terá atenção do governo no sentido da requalificação da BA 001, entre Nazaré e Camamu, além da construção de um semianel viário em Valença. 

De acordo com Sérgio Gabrielli, voltando-se ao pleito inicial da prefeita Jucélia Nascimento, a duplicação da rodovia não seria viável, haja vista que a proposta do projeto já contempla a duplicação das BR 101 e 116. “É importante dizer que a BA 001 será requalificada, entretanto o governo não vê a rodovia como passagem de tráfego pesado, que será direcionado para as BR 101 e 116 que serão duplicadas”. Segundo Gabrielli, a BA 001 deverá ter um desenho diferente, com uma proposta de se transformar em uma estrada ecológica.

A prefeita Jucélia destacou a importância do debate, sobretudo na perspectiva da elaboração de um planejamento visando preparar a região para as novas e urgentes demandas que estão colocadas na conta de cada prefeitura: “Nós acreditamos no planejamento. Nós acreditamos na ponte, mas precisamos nos preparar para as oportunidades que estão se apresentando para o preenchimento de várias lacunas, a exemplo da UFRB, SAC, Base Comunitária de Segurança e a requalificação da nossa BA 001".

Para o prefeito de Igrapiúna e presidente da Associação dos Municípios do Baixo Sul (Amubs), Leandro Ramos, a responsabilidade do desenvolvimento da região é de todos. “Não devemos deixar os problemas apenas nos ombros da prefeita Jucélia. Mesmo Valença sendo a principal cidade do Baixo Sul, a responsabilidade é de todos”.

Já para o prefeito de Jaguaripe, Heráclito Arandas, “a ponte vai acontecer e é fundamental para o desenvolvimento regional”. O vice-prefeito e secretário da Agricultura de Valença, Joailton de Jesus, observou que as riquezas naturais da região precisam da companhia do desenvolvimento, e este virá com a construção da ponte. “O governo não vai virar as costas para o Baixo Sul”, disse.

Ao final da Audiência Pública foi aberto espaço ao público para perguntas, todas devidamente respondidas pelo secretário.

Participaram ainda da Audiência Pública, o prefeito de Nilo Peçanha, Carlos Azevedo, o presidente da OAB, Fabiano Figueiredo, representantes de associações, servidores públicos municipais, os vereadores Antônio Barreto, Fabrício Lemos, Adailton Francisco, Carlos Antônio, Benvindo Luz e Vane Costa.
(Ascom – Prefeitura de Valença)

Nenhum comentário:

Postar um comentário