Respeita as Mina

Respeita as Mina

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Brasil quer explicação sobre espiões dos Estados Unidos

O ministro de Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo (foto), recebeu ontem (2) embaixador americano no Brasil, Thomas Shannon. O chanceler brasileiro pediu explicações do diplomata sobre revelação de que a presidente Dilma Rousseff e alguns de seus auxiliares foram espionados pelo governo dos Estados Unidos.

Espionagem
O caso foi mostrado pelo Fantástico, da TV Globo, neste domingo. Segundo a reportagem, o nome de Dilma aparece em uma apresentação produzida internamente para funcionários da NSA e intitulada “Filtragem inteligente de dados: estudo de caso do México e do Brasil”. De acordo com o material, o objetivo do monitoramento ao Brasil seria “melhorar a compreensão dos métodos de comunicação” entre a presidente e seus assessores. 

A denúncia foi baseada em um documento secreto obtido pelo jornalista americano Glenn Greenwald, do jornal inglês The Guardian. Greenwald foi um dos primeiros a revelar o esquema de espionagem eletrônica da agência americana e do governo Obama, delatado pelo ex-analista da NSA Edward Snowden. As revelações surgem cerca de um mês antes de uma viagem de Dilma Rousseff para Washington, onde vai se encontrar com o presidente dos EUA, Barack Obama. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário