+ DE 20 obras

quinta-feira, 21 de março de 2013

Estudantes da FAZAG fazem protesto na PORTA HOJE à noite


Cansados de serem enrolados pela direção da Faculdade Zacarias de Góes (FAZAG), em Valença, os estudantes do 8º semestre do curso de Enfermagem, caracterizados de palhaços, vão fazer um grande e pacífico protesto hoje à noite (21/3), às 19 horas, na porta da instituição de ensino superior.

Os estudantes estão se sentindo lesados pela Fazag, pois a instituição até o momento não disponibilizou o estágio obrigatório de 400 horas, que todos precisam realizar como pré-requesito para a conclusão do curso, previsto para junho deste ano.

A alegação da Fazag é que a Santa Casa de Valença está cobrando muito caro por aluno e por isso estão impedidos de mandarem os estudantes a campo.

"O problema é que a gente tem uma carga horária de 400 horas para cumprir de estágio, formamos em junho e ainda não se tem previsão de quando vai começar esse estágio. Estamos pagando mais de 50 mil reais para uma empresa de formatura,
assinamos contrato estipulando a data que iremos formar, mas com todo esse problema nada nos garante que nos formaremos na data do contrato que assinamos. Estamos também sem professor para nos orientar no trabalho de conclusão do curso (TCC). Então, imagine uma faculdade que tem cursos de saúde e não tem nenhum hospital conveniado... para piorar nós mandamos um ofício para a direção da Fazag e a diretora geral se recusou a recebê-lo. Pode!?", Questiona um dos alunos enganados.

Para finalizar, a comissão de estudantes lesados da Fazag aguarda: "Com a palavra as prezadas coordenadoras e mantenedores da Fazag, especificamente, Analtina, Elma Ribeiro, Synara Andrade, Nelson Cerqueira e Vitorino Ferreira. Solicitamos em um prazo de 24 horas uma solução imediata a cerca da problemática citada neste ofício...". Os jovens futuros enfermeiros perderam a paciência. Tudo tem limite. Está escrito...
______________________________________________________________________

LEIAM ABAIXO O OFÍCIO DOS ESTUDANTES DE ENFERMAGEM, QUE A FAZAG SE RECUSOU A RECEBER:


Valença, 20 de março de 2013


À Faculdade Zacarias de Góes 
Ref.: Solicitação de serviços ainda não prestados


Nós, alunos de enfermagem ingressados em 2009.2, do 8º semestre matutino e noturno, devidamente matriculados e com mensalidades quitadas, vimos por meio deste, solicitar uma ação imediata a respeito do estágio curricular de 400 horas, garantido e assegurado via contrato e grade curricular do curso de enfermagem. Estágio este que não tem sido disponibilizado pela instituição FAZAG, CNPJ 04.032.307\0001-25 ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL ZACARIAS DE GÓES VASCONCELOS, localizada no endereço: Condomínio Jardim Grimaldi, Rua A, s/n – CEP 45.400-000, Valença-BA, penalizando e afetando diretamente a nós alunos. 

Cobramos da instituição, mais uma vez, medidas imediatas a respeito da solução do problema citado. Nós na condição de estudantes, contratantes e consumidores pedimos uma atitude emergencial a cerca deste problema que se estende desde o semestre passado. Tendo em vista que o mesmo problema ocorreu em 2012 e somente foi solucionado depois de uma manifestação pacífica, com alunos caracterizados de palhaços e carro de som cobrando seus direitos. Direitos estes que ainda não foram totalmente cumpridos. Cito alguns: campo para estágio e professor para acompanhamento e orientação do trabalho de conclusão de curso. Por isso, damos um prazo de 24 horas para uma SOLUÇÃO! TÃO SOMENTE SOLUÇÃO! Estamos cansados de promessas. Assegurando o que é nosso por direito, aguardaremos uma resposta dentro deste prazo estipulado. 

Atenciosamente, 

Alunos de Enfermagem da Fazag 
8º semestre matutino e noturno

5 comentários:

  1. MEU DEUS... QUE ABSURDO ESSA FACULDADE ESTA FAZENDO!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Protesto aprovado,minha filha também é aluno desta maldita instituição,queria está aí,para juntos com vocês participar deste protesto,onde investimos alto na educação de nossos filhos e temos como retorno um absurdo deste,onde os empresários ladrões só querem encher os bolsos e o resto que se dane!!Vamos protestar sim...Vamos abrir a boca e denunciar estes de trambiqueiros!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana o que os alunos do 8 semestre fizeram, mesmo sendo ameaçados pela diretora da faculdade eles se fizeram firmes. A faculdade chamou a policia para os alunos que com toda elegância conversaram com a PM e receberam apoio dos mesmos. Muito bacana a conduta da policia militar que apoiaram toda a manifestação. Agora me pergunto... será que essa diretora manterá a posição de advertir todos os alunos que se fizeram presentes na manifestação somente por eles estarem reivindicando seus direitos? Caro jornal, poderia averiguar isto e nos dar um retorno? Obrigado.

    ResponderExcluir
  4. isso e uma falta de respeito aos alunos......

    ResponderExcluir
  5. Sou aluna e também estou passando por este mesmo problema. Não tem professor para me acompanhar no tcc e muito menos estágio, estamos parecendo mendigos apelando para estagiar.

    ResponderExcluir