IPTU 2024

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Debate no mirante reconhece Martiniano como liderança negra em Valença e na Bahia

Tendo como objetivo celebrar o dia da Consciência Negra, a CUT Bahia, APLB Sindicato, Casa de Cultura Maria Cláudia Rodrigues - MaCRo e FETRAF realizaram no último dia 20 de Novembro no Clube Mirante, em Valença uma mesa de debate tendo como tema “Política sem preconceitos”.

O evento foi prestigiado por centenas de lideranças e uma mesa formada por diversas entidades como a UNEGRO, representado por Kátia Costa; Adailton Francisco, representando a Central de Associações da Agricultura Familiar; Marildes Neves, do Centro de Referência da Mulher; Flordolina Angélica, diretora da DIREC-05; Heráclito Barbosa, representando o Terreiro Caxuté; o vereador e presidente do PSB, Barreto representando a Câmara de Vereadores além do Deputado Federal Josias Gomes.

A zona rural esteve também representada por Roberto Pacheco, Davi Moraes, Zé Luz, Sandra do Jequiriçá, Jailton Alves, entre outras.

Igrejas evangélicas também estiveram presentes, como a presença do Pastor Gideon Santos, representantes do Ministério de Louvor e Ação Social do Guaibim, além da imprensa local como as Rádios Clube de Valença, Rio Una FM, Nossa Estação e os jornais Valença Agora, Rolando na Orla e a Voz da Juventude.

A abertura do evento emocionou a platéia com a exibição do vídeo intitulado “Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor”, com fotos históricas da luta contra o racismo, ao som da música “a cor dessa cidade sou eu” e finalizando com a narração do poema e Maya Angelou, “ainda sim eu me levanto”, transcrito abaixo”.

Por se tratar de um evento político, diversos partidos de esquerda também se fizeram presentes como o PC do B na pessoa do seu vice-presidente Irineu Santana; Tácio Lima, presidente do PTC; Dorgival Lemos, presidente do PDT, Adermilton Ferreira, presidente do PRB e diversos filiados e lideranças do PT, a exemplo de seu Maré Mansa, filiado desde 1988, que mesmo empunhando uma muleta, veio participar reforçando em todos a necessidade de construir uma cidade mais inclusiva.

“Temos orgulho de termos emprestado você à Bahia e agora queremos a sua experiência acumulada para ajudar nossa terra e colocar o povo no poder aqui”, disse Jonas Andrade, empresário e agricultor.

Tendo em vista as eleições municipais no ano que vem, a maioria das falas dos presentes reforçou a possibilidade de pré-candidatura do presidente da CUT Bahia, Martiniano Costa, para se tornar o primeiro prefeito negro da cidade de Valença. Adailton Francisco trouxe a notícia da decisão unânime de todas as associações rurais ligadas a Central de Associações de apoio à pré-candidatura de Martiniano.

_____________________________________


Ainda assim, eu me levanto
( Maya Angelou)


Você pode me riscar da História
Com mentiras lançadas ao ar.
Pode me jogar contra o chão de terra,
Mas ainda assim, como a poeira, eu vou me levantar.
[...]

Pode me atirar palavras afiadas,
Dilacerar-me com seu olhar,
Você pode me matar em nome do ódio,
Mas, ainda assim, como o ar, eu vou me levantar.
[...]

Da favela, da humilhação imposta pela cor
Eu me levanto
De um passado enraizado na dor
Eu me levanto
Sou um oceano negro, profundo na fé,
Crescendo e expandindo-se como a maré.

Deixando para trás noites de terror e atrocidade
Eu me levanto
Em direção a um novo dia de intensa claridade
Eu me levanto
Trazendo comigo o dom de meus antepassados,
Eu carrego o sonho e a esperança do homem escravizado.
E assim, eu me levanto
Eu me levanto
Eu me levanto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário