Respeita as Mina

Respeita as Mina

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Valença e Região são beneficiadas com reforço no sistema de Saúde...

O primeiro Centro de Parto Normal do baixo sul da Bahia e um Serviço de Endoscopia, implantados, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na Santa Casa de Misericórdia de Valença, foram entregues nesta sexta-feira (12) à população. Junto com os equipamentos, que reforçam o sistema de saúde do município, o governador Rui Costa também entregou à instituição um veículo comprado com recursos do programa ‘Sua Nota é um Show’ e um tomógrafo adquirido via emenda parlamentar. Ainda em Valença, Rui está visitando o Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde do Leste da Bahia. 

Segundo o governador, a construção de hospitais regionais está prevista no planejamento para os quatro anos de gestão. “Estamos também melhorando a prestação de serviço dos hospitais existentes. É o que estamos fazendo aqui em Valença, em Brumado, atuando tanto na rede própria como nos hospitais que não são do estado, mas são contratados por nós, como é o caso desta Santa Casa”.

Para Rui, a prioridade é implantar consórcios regionais de saúde e construir policlínicas. “O gargalo maior está depois que as pessoas são atendidas nos postos de saúde e precisam de um especialista ou um exame, que não estão disponíveis na maioria das cidades. Por isso, estou conclamando os prefeitos para formarem os consórcios. Já autorizei a licitação de cinco policlínicas e quero fazer isso também aqui no baixo sul". 

Combate ao Aedes Aegypti
O governador também falou sobre o combate ao aedes aegypti. “A presidente Dilma instituiu o sábado como o dia de combater o mosquito. Esse bichinho que mal dá para enxergar está trazendo um monte de doenças. Além da Dengue, tem também a Zika e a Chikungunya. Às vezes, as três aparecem juntas”. 

O governador informou que, entre o mosquito colocar os ovos e as larvas nascerem, demora apenas sete dias e que cada mosquito voa a uma distância máxima de 200 metros de onde nasceu. “Significa que, para ficar livre do mosquito, basta que cada um cuide da sua casa. Se a casa ao lado está fechada e tem água parada, chame a prefeitura, que a presidente Dilma autorizou que a Polícia e o Exército ou os fiscais da prefeitura tomem as providências, se houver foco do mosquito”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário