Respeita as Mina

Respeita as Mina

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Obras da 2a. etapa da restauração da Fortaleza do Morro de São Paulo são iniciadas...

Nesta quinta-feira (29) o prefeito Fernando Brito participou de uma importante reunião, no Hotel Portaló, que marcou o início das obras da 2a. etapa da recuperação, manutenção e gestão estratégica da Fortaleza do Morro de São Paulo. Foram também discutidas as bases para a criação e atuação imediata da gestão compartilhada deste patrimônio histórico.

Presentes representantes da secretaria estadual do Turismo (Reinaldo Dantas, Fernando Ferrero), Ides (Liliana Leite), Iphan (Francisco Santana), Associação Comercial de Cairu (Carlos Correa), assessores do município (Marcos Vítor, Emanuel Ribeiro Filho, Billy Well, Michele Costa e Martins, Roberto Ché), Hotel Partaló (Rita Campos e Frankecia Alexandrina do Rosário), Câmara de Vereadores (Cláudio Brito e Ivan de Gerino) e da Concreta - empresa especializada em recuperação de estruturas e restauração - (Mínos Trocoli de Azevedo), entre outros.

A reabertuta da Fortaleza do Morro está prevista para dezembro do ano que vem, com ponto de atendimento a turistas, além de atividades culturais e sociais. Entre outras responsabilidades, estará o estímulo à preservação ambiental e cultural. A intenção é também criar espaços como salas de aula e auditório para a realização de cursos de conscientização e de defesa do legado histórico para a comunidade e de qualificação profissional para a área do turismo.

Os recursos de R$ 9,3 milhões para esta marcante obra foram captados pelo Ides junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e contou com o apoio institucional da Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Para o prefeito Fernando Brito, este é um importante passo para o resgate do patrimônio histórico e cultural do município de Cairu. “Teremos um patrimônio histórico de valor inestimável recuperado, integrado como mais um atrativo turístico do Morro, ofereceremos capacitação profissional, educação histórica para moradores e empresários, gerando muito mais empregos”, pontuou Brito.

A Fortaleza do Morro de São Paulo foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1938. Construída no século XVII, é considerada um dos mais extensos conjuntos de defesa erguidos no período do Brasil Colônia, sendo um dos principais pontos turísticos do Morro de São Paulo, de onde se tem uma bela vista do pôr do sol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário