Respeita as Mina

Respeita as Mina

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Curso sobre Redes Associativas beneficia pescadores e marisqueiras de Salinas da Margarida...

A Enseada Indústria Naval, em parceria com o SEBRAE, aplicou no último dia 15, terça-feira,o Módulo 1 do Programa Redes Associativas para 48 membros das Associações de Pescadores e Mariscadeiras de Cairu de Salinas e de Conceição de Salinas, distrito de Salinas da Margarida. Os participantes do curso tiveram a oportunidade de reconhecer o que é a cultura da cooperação, valores, princípios e atitudes indispensáveis à participação em uma ação coletiva.Foram desenvolvidas atividades dinâmicas e interativas que possibilitaram a mobilização de conhecimentos/saberes, atitudes e habilidades.

O curso tem como objetivo fornecer as condições necessárias para que os participantes desenvolvam competências para compreender os valores, princípios e instrumentos indispensáveis ao sucesso de um empreendimento coletivo, bem como gerir e concretizar a constituição do empreendimento coletivo. 

“Acreditamos que pela cooperação pode-se criar um diferencial competitivo para as MPE, microempreendedores individuais, produtores rurais, entre outros, contribuindo para a perenidade e para o crescimento de seus respectivos negócios e também para o desenvolvimento socioeconômico dos territórios”, afirmou José Velloso, consultor do SEBRAE.

Para Morgana Carregosa, analista de Responsabilidade Social da Enseada, o curso “Redes Associativas” beneficia dezenas de marisqueiras e pescadores da região. “Isso permite que eles ampliem a capacidade de gestão de seus empreendimentos e aumentem o potencial competitivo de mercado. As associações organizadas expandem as possibilidades de implantação de novos projetos e captação parceiros. Tudo isso impacta positivamente no desenvolvimento sustentável da atividade pesqueira, uma das principais fontes de geração de renda das comunidades do entorno”, disse Morgana.

O Programa Redes Associativas faz parte do Plano Diretivo da Pesca, desenvolvido pelo estaleiro em cumprimento ao programa de licenciamento ambiental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário