Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Parmalat vai voltar com campanha dos mamíferos na TV...

A nova dona da marca Parmalat do Brasil, a Lactalis, vai reativar a campanha dos mamíferos na TV aberta como parte das ações para reerguer a marca, que já foi líder de mercado no país. A campanha que usa crianças vestidas com fantasia de animais virou um clássico do marketing brasileiro na década de 90.

"A marca tem esse patrimônio. As crianças daquela época são pais e mães de hoje. Eles podem estar dispostos a voltar a consumir algo que traz uma boa lembrança", diz o especialista em marcas Maximiliano Tozzini Bavaresco. Segundo ele, durante o auge da campanha, as pelúcias da Parmalat foram a maior promoção de troca de brindes já feita no país.

Segundo o jornal Estadão, executivos da gigante francesa acreditam que apesar do problemas econômicos que a marca enfrentou no Brasil e na Itália, a relação com o brasileiro não foi afetada. Por conta disso, a Lactalis quer voltar a brigar pela liderança, já que ainda é a marca mais lembrada que Batavo ou Elegê.

Ainda de acordo com o Estadão, o retorno à mídia será aos poucos. "A Parmalat era uma empresa quebrada", afirmou o presidente da companhia na América Latina, Patrick Sauvageot.

A Lactalis é dona da marca desde agosto de 2014 e pagou R$250 milhões pelas quatro fábricas da Parmalat. Após a compra, a empresa fez mudanças nos processos de produção, trocou parte de fornecedores e remontou o esquema de distribuição. Os produtos também serão reduzidos: leite longa-vida comum e sem lactose, achocolatado, creme de leite e leite condensado. A terceirização para biscoitos e gelaterias será descontinuada.

Mesmo com pouca verba para contratar uma agência de grande porte, Patrick Sauvageot procurou o publicitário Ehr Ray, que criou a campanha original e aceitou a nova empreitada apenas pela memória afetiva com o trabalho feito há décadas. Segundo publicou o Estadão, a remuneração da agência BETC, de Ray, será baseada na "taxa de sucesso". Ou seja, quanto mais leite a Parmalat vender, mais será recebido pela agência.
(Correio*)

Nenhum comentário:

Postar um comentário