Respeita as Mina

Respeita as Mina

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Estudante de Gandu é selecionado para Senador Jovem...

“É gratificante poder representar meu estado em Brasília nesse concurso do Senado Federal. Tudo isso é resultado de uma boa orientação escolar, muito esforço, responsabilidade e dedicação. Sinto-me lisonjeado em poder representar meu povoado de Água Preta, minha escola, minha cidade, A DIREC-5 e o meu Estado” – assim se expressou o jovem Ivan Lins Costa, da Escola Estadual Polivalente, em Gandu, ao saber da seleção do seu nome como representante da Bahia para o projeto Jovem Senador.

Ivan Lins, que é menor e viajará com sua mãe no próximo dia 16, não esconde a ansiedade e o orgulho com a premiação. Estudante de escola pública, da zona rural, Ivan Lins concorreu com estudantes de mais de 1000 escolas cadastradas na Bahia. Sua redação, cujo título foi, o Brasil soltou a voz para ter vez, versou sobre as recentes manifestações ocorridas no país. Nela, Ivan Lins discorre sobre as reivindicações do movimento “vem pra rua” e afirma que “o gigante nunca esteve dormindo. O Brasil tem uma história de outras vozes como a revolta da chibata, a balaiada e tantas outras”.

Em Brasília, com mais 26 jovens, ele participará, durante 3 dias, da 6ª edição do projeto "Jovem Senador", conhecendo melhor o Senado e apresentando sugestões de projetos de lei. Os 'jovens senadores' poderão apresentar sugestões de propostas legislativas, que serão votadas entre eles. Aquelas que forem aprovadas, serão encaminhadas à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, onde poderão tramitar normalmente, como se tivessem sido apresentadas por um senador. 

Como Prêmio, os 26 jovens receberão um notebook, uma medalha e terão seus textos publicados em livro a ser lançado pela Editora do Senado, que será distribuído de graça para escolas públicas. Os colégios também recebem computadores de uso coletivo. 

Para a professora Flordolina Angélica, diretora da DIREC 5, a escolha de um jovem do Baixo Sul demonstra que a cidadania está sendo exercida com muito mais afinco nas escolas da região. “Estamos formando cidadãos, conscientes e capazes de promover mudanças para a coletividade. Esse é o nosso compromisso”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário