Respeita as Mina

Respeita as Mina

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Secretaria lança Conferência Estadual da Educação

Secretário da Educação Osvaldo Barreto
Com o objetivo de iniciar as discussões que vão ser aprofundadas na Conferência Estadual de Educação (Coeed), marcada para acontecer entre os dias 9 e 11 de outubro, em Costa do Sauípe, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia lançou o evento nesta segunda-feira (12), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador.

O lançamento da Conferência contou com a presença do secretário da Educação, Osvaldo Barreto, do presidente da Academia Baiana de Ciências e ex-governador, Roberto Santos, entre outras autoridades.

A Coeed é desenvolvida pelo Fórum Estadual de Educação (FNE), sediado na Secretaria da Educação, e vai debater os resultados das discussões realizadas nas conferências municipais, que trataram de questões relacionadas ao sistema municipal de educação, com o intuito de conduzir as temáticas de cada debate para o âmbito estadual.

No estado, foram realizadas mais de 300 Conferências Municipais, envolvendo diretamente 1.500 pessoas na organização e 50 mil nos debates. “É importante ressaltar a participação social em todo esse processo de discussão, envolvendo mais de 50 mil pessoas. Toda esta mobilização demonstra a necessidade que a população percebe de investir na escola. Somente desta forma teremos uma educação de qualidade”, disse o secretário Osvaldo Barreto. Ele ressaltou que garantir o direito de aprender dos estudantes é de interesse, especialmente, de toda a juventude. “Milhões de jovens do estado e do país demonstram essa preocupação. Esta é uma aliança de todos nós”, disse o secretário.

De acordo com o coordenador do Fórum Estadual de Educação, Nildon Pitombo, os temas levantados pelos municípios foram diversos. “Foram trabalhadas questões como direitos humanos, justiça social, inclusão, trabalho, ciência e sustentabilidade”.

Discussões
O tema central da Conferência Estadual de Educação desta vez é o Plano Nacional de Educação (PNE) na Articulação do Sistema Nacional de Educação: participação popular, cooperação federativa e regime de colaboração. O objetivo é levantar o debate sobre o regime de colaboração entre os entes e instituições, incluindo a discussão de problemas existentes e a busca de soluções. Após o evento, o conteúdo será levado para a Conferência Nacional de Educação, que acontecerá em 2014.

Ao todo, mais de 1.600 pessoas vão participar da Conferência, entre delegados eleitos pelos municípios e territórios, delegados indicados pelos sistemas de educação, observadores e convidados, obedecendo-se aos critérios estabelecidos pelo FNE. A última Conferência Estadual foi realizada em 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário