+ DE 20 obras

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Cairu cria campanha para proteger biodiversidade dos corais do Arquipélago de Tinharé

O programa "Viva Coral-Mergulhe nesta Ideia", buscará a conscientização de barqueiros e turistas com medidas de uso sustentável do sítio de corais das piscinas naturais de Garapuá e Moreré

 Foto: Rui Resende
Com o objetivo de conscientizar e divulgar medidas de manejo para o uso do espaço marinho, a Prefeitura Municipal de Cairu, através da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, em parceria com a PRO-MAR, realiza o 1º. Encontro Viva Coral. O evento acontece nesta sexta-feira (16), das 8h às 12h, na Fazenda Pontal, em Boipeba.

O evento marcará o lançamento do programa que tem o mesmo nome: Viva Coral – Mergulhe nesta Ideia. A intenção é buscar alternativas para minimizar os impactos ambientais nos recifes e corais nas piscinas naturais de Morro de São Paulo, Boipeba e principalmente Moreré, no Arquipélago de Tinharé.

A região, rica em ambientes naturais, mas extremamente frágil, busca alternativas para a preservação e conscientização da população local e prestadores de serviços que atuam no setor turístico, para adotar as medidas necessárias para o uso correto dos ambientes aquáticos. Com o programa, a prefeitura adotará medidas para reduzir o risco do impacto ambiental nos corais e promover o re-ordenamento sustentável das atividades de passeios nas Ilhas.

Na alta estação, cerca de 800 turistas mergulham diariamente nas piscinas naturais. Aproximadamente 80 embarcações fazem este tipo de passeio, o que gera renda para aproximadamente 400 famílias.

“Queremos ordenar a prática sustentável da atividade turística. Mostrar ao barqueiro e ao visitante a importância do serviço ambiental das piscinas que gera a sobrevivência de todos ”, afirma a Secretária Municipal de Desenvolvimento Sustentável Petrusca Mello. Para isso a secretaria vai estabelecer uma série de regras e medidas que vão reduzir os impactos da atividade na natureza.

A primeira iniciativa foi de pesquisa e monitoramento dos corais nas piscinas para verificar o impacto da atividade turística e tem como objetivo o estudo de capacidade de carga das piscinas. Esta etapa conta com a participação de pesquisadores, do Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia, através do Projeto Campus Ufba Cairu . O segundo momento servirá para sensibilizar os barqueiros e turistas sobre a importância e os cuidados que devem ter com os recifes de corais.

Por fim, o terceiro momento será de implantação das ações para o manejo da visitação turística de forma ordenada, que conta com a parceria da PRÓ-MAR, que também possui base em Boipeba com ações ambientais e estudos que vêm somar iniciativas para a conduta consciente nos ambientes recifes. Ao longo dessa campanha será assinado um termo de cooperação Técnica entre a PMC e a PRÓ-MAR.

O I Encontro Viva Coral contará com a participação de moradores, líderes comunitários, terceiro setor, Conselho Municipal de Meio Ambiente, proprietários de barcos, marinheiros, agentes de viagem, pescadores, hoteleiros, representantes do poder público e empresário e do Projeto Campus UFBA Cairu, através do seu coordenador.

O programa Viva Coral – Mergulhe nesta Ideia é uma realização da Prefeitura de Cairu, através da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, da ISAD e da PRÓ-MAR. O projeto conta com o apoio institucional da Universidade Federal da Bahia, através do projeto Campus UFBA Cairu, do Instituto Otaviano Almeida Oliveira, da GDK, Perville e Avina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário