Respeita as Mina

Respeita as Mina

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Pisit Mota em “Por umas e por outras” chega à Valença...

O ator e humorista baiano Pisit Mota, o fenômeno da internet com a +1 Filmes, tem deixado um rastro de alegria por onde passa com o seu badalado stand up comedy “Por umas e por outras”, que tem roteiro e direção do próprio Pisit. Em cartaz desde março, o espetáculo já foi visto por mais de 36 mil pessoas, e já passou por mais de 70 cidades, de estados como Bahia, Minas Gerais e Sergipe, apenas nesses onze meses de turnê.

Com o seu inconfundível baianês e bordões como “meu rebanho de inhaça”, “kbeça”, “onde não tem carne, o urubu é frango” e “safada é a galinha, que aprende a nadar só para dar ao pato”, Pisit Mota tem conquistado o coração do público e visto os fãs lotarem os teatros das cidades por onde passa. E isso, consequentemente, o projetou de tal forma que o fez superar as barreiras regionais e o colocou no cenário, não apenas da região Nordeste, mas também do sudeste brasileiro.

O show tem duração de 80 minutos e mescla stand up comedy, intervenções de áudio e os vídeos produzidos para a internet em parceria com a +1 Filmes. São mais de 120 curtas, os quais já contam com mais de 50 milhões de visualizações e compartilhamentos. Dentre outras particularidades, Pisit leva para a platéia histórias de personagens que tornam a cidade do Salvador, na Bahia, muito mais divertida. E é através destes recursos que o artista imprime seu humor e irreverência sobre as principais questões sociais e culturais presentes nas vidas dos soteropolitanos, questionando, de forma respeitosa, a inércia humana diante de tais questões. 

Partindo deste pensamento provocativo, o humorista insere no universo do seu show questões como a homofobia e o preconceito social, a violência cultural e psicológica acometidas pelo caos social urbano e a falta de respeito com as minorias. 

Ao longo de sua carreira artística, Pisit Mota vem pesquisando e construindo personagens populares. Sua vivência em diferentes cidades e regiões do país, aliada a sua sensível capacidade de observação, o permitiu criar variados tipos artísticos. Para o ator, não existe melhor lugar para fazer esta interação de seus personagens com o público do que no grande teatro que se desenrola no ambiente popular.

Sobre Pisit Mota
Pisit Mota é ator e educador, graduado na Universidade Federal da Bahia (Ufba). No seu currículo artístico constam mais de 30 filmes, dentre eles Na Terra do Sol, Folhinha Verde, Quem é Marginal, Rimund e o Futibó, Reversos, Diga Alô, Pau Brasil, Quincas Berro D’Água, O Homem que não dormia e A Pelada, que está em cartaz nos cinemas de Salvador desde meados de outubro do ano passado. 

Na TV, Pisit Mota, além de atuar como garoto propaganda, participou do seriado humorístico A diarista, da Rede Globo, O Pulo do Gato, na TV Brasil, e O Posto, na TV Futura. Durante cinco anos consecutivos, Pisit Mota desenvolveu criações humorísticas para a TV Educadora da Bahia e TV Futura, visando dinamizar as transmissões de festejos, como Carnaval e São João. Pisit Mota também fez o quadro ‘Fala, Pisit’, do programa Rede Bahia Revista, da TV Bahia (filial da Rede Globo).

No Teatro, Pisit Mota atuou em Capitães de Areia (direção de Lelo Filho e Fernanda Paquelet – Cia. Baiana de Patifaria); O Capataz de Salema; Cama, Mesa e Banho; A Vida de Irmã Dulce (direção Deolindo Checcuci); A gema do ovo da ema; Os cinco últimos fugitivos do juízo final; e Camila Becker (direção de Fernando Guerreiro). Com a peça Deus Danado, dirigida por Alda Valéria, Pisit Mota ganhou o Prêmio Braskem de Teatro de Melhor Ator em 2004; Melhor Ator Nordestino de Teatro, também em 2004; e Melhor Ator no Rio Cena Internacional Contemporânea, em 2005, no Rio de Janeiro.

SERVIÇO 1: Espetáculo “Por Umas e Por Outras”
Local: Centro de Cultura Olívia Barradas, em Valença
Data/hora: Sexta (06/03) e sábado (07/03), às 20h
Ingressos: R$ 15 (antecipado e meia na hora) – R$ 30 (inteira na hora)
Classificação: 16 anos
  
SERVIÇO 2: Oficina “Papo Cultural com Pisit Mota”
Local: Centro de Cultura Olívia Barradas, em Valença
Data/hora: Sábado (07/03), das 15:30h às 17h
Inscrições: Gratuitas

Classificação: 16 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário