Respeita as Mina

Respeita as Mina

segunda-feira, 14 de abril de 2014

3ª Conferência Territorial de Economia Solidária do Baixo Sul‏ é realizada em Valença...

Com o apoio do Governo do município, através da secretaria da Promoção Social, acontece em Valença nesta quarta-feira, 09, seguindo até amanhã, a 3ª Conferência Territorial de Economia Solidária do Baixo Sul da Bahia, que discute com diversas associações, cooperativas, ONGs e outros segmentos da sociedade civil organizada, questões relacionadas ao tema. A Conferência é uma promoção do Governo da Bahia, através da Superintendência de Economia Solidária, da secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes - Setre.

As políticas públicas em favor da economia solidária começaram a se fortalecer na Bahia, quando o governo do estado lançou, em 2007, o Programa Bahia Solidária. Em 2011 as ações nesse sentido ganharam ainda mais força com a instituição da Política Estadual de Fomento à Economia Solidária, do Conselho Estadual de Economia Solidária e do Programa Vida Melhor.

O trabalho que vem sendo desenvolvido pelo governo do estado vê a economia solidária através de trabalhadores se organizando de forma coletiva e gerindo suas próprias atividades, produzindo, negociando e comercializando o que é preciso para o seu desenvolvimento econômico e social. O fortalecimento da economia solidária na Bahia é feito por ações como oferta de assistência técnica aos empreendimentos associativos populares e apoio a empreendimentos rurais e de catadores de resíduos sólidos e reciclagem, variáveis à realidade da região onde estejam sendo praticadas.

Na abertura da Conferência, o vice-prefeito Joailton de Jesus, ali representando o Governo de Valença, lembrou o planejamento estratégico e participativo que o município realiza ouvindo diversos segmentos da população na busca de soluções para os problemas existentes e convidou os presentes para uma efetiva participação no evento dizendo que “devemos sair daqui com propostas claras, para a nossa realidade”. Herbeth Oliva, membro da Comissão Organizadora da conferência estadual, orientou que “é preciso que a gente trabalhe no sentido do desenvolvimento dos nossos setores produtivos, buscando foco nas nossas atividades”. Para Jane Burgos, da Setre, “a participação na conferencia é um exercício de cidadania, uma oportunidade de estarmos reivindicando nossos direitos”.

Após as apresentações de praxe e a leitura do regimento, as pessoas presentes foram separadas em grupos, para a discussão de quatro eixos temáticos: Produção, comercialização e consumo; Financiamento, crédito e finanças solidárias; Conhecimento, educação e formação; e Ambiente sustentável, legislação e integração de políticas públicas. Aguarda-se para a quinta-feira, 10, segundo e último dia do evento, a continuidade das discussões e a escolha dos delegados que irão representar a região na Conferência Estadual, com as propostas e o resultado do que ocorreu em Valença.
(Ascom – Governo de Valença)

Nenhum comentário:

Postar um comentário