Estúdio MC

Projeto Verão Cairu

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

EXCLUSIVO - Ramiro assina contrato para a implantação do SAC de VALENÇA

O prefeito Ramiro Queiroz assinou com a Sinart – há alguns dias – o contrato que garante a implantação do SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão do Governo do Estado da Bahia), nas dependências da Rodoviária de Valença.  

O valor mensal do contrato é de 10 mil reais e não foi necessária a participação da prefeitura de Cairu na divisão do valor do aluguel. O prefeito de Cairu havia se comprometido em pagar a metade da locação à Sinart, por entender que o SAC de Valença será de abrangência regional e os cairuenses serão diretamente beneficiados. Mas, apesar da autorização do setor jurídico da prefeitura de Cairu, para a devida assinatura do contrato, Ramiro resolveu, de última hora, assumir o valor total da locação, exclusivamente pelo erário valenciano.

Então o acordo é o seguinte: a Sinart construirá o espaço adequado para a implantação do SAC, a prefeitura de Valença pagará o aluguel e o Governo do Estado colocará o serviço em funcionamento.

Resta somente agora a prefeitura de Valença encaminhar a papelada ao Governo do Estado para que, enfim, a região passe a ver um velho sonho virar realidade...

Um comentário:

  1. É mais foi necessário a prefeitura de Cairú dá o ponta pé inicial para a vinda do SAC para Valença , não sou eleitor nem de Valença nem de Cairú , mas se Valença tivesse um prefeito com a provação e dedicação ao Municipio como tem Cairú , a realidade de Valença seria outra , aposto que o aeroporto já estaria em pleno funcionamento , Presidente Tancredo Neves primeiro municipio do baixo sul baiano a contar com o serviço SAMU , vamos ver quando isto vai acontecer em Valença , hospital da UPA que era para ser inaugurado em setembro , a sinaleira prox a unimed já tem quanto tempo quebrada , a sinaleira da pça da República uma vergonha , eu já vi o carro do senhor prefeito de Valença estacionado aqui em Valença em lugar não permitido.

    ResponderExcluir

Respeita as Mina