+ DE 20 obras

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

2012 já começou ! PT quer ter candidatos em 20 capitais. PSDB em 19

Disputa para prefeitos será teste para aliança de Dilma.
PMDB tem nomes próprios em 22 das 26 capitais...

Levantamento sobre possíveis candidatos a prefeituras de capitais em 2012 mostra que o PT, da presidente Dilma Rousseff, tem filiados que desejam entrar na disputa em 20 das 26 capitais. Seu maior rival, o PSDB, tem nomes próprios que querem concorrer em 19 capitais. O Brasil tem 27 capitais, mas em Brasília não há eleição para prefeito, porque o Distrito Federal tem apenas um governador que comanda todas as localidades. O PMDB, maior partido aliado de Dilma, pode ter candidatos em 22 capitais no ano que vem. O PSB, outra sigla governista, em 15.

Outros partidos incluídos no levantamento são: DEM (pré-candidatos em 14 capitais); PDT e PC do B (11); PSOL (9); PPS (8); PR e PTB (7); PSD, PP, PV e PSTU (6); PSC (5); PRB (2) e PT do B (1).

Quando consideradas apenas as 10 maiores capitais em número de eleitores, o PT tem nomes próprios em 9; o PMDB, em 8; o PSDB e o DEM, em 7; e o PSB, em 6.

As 10 maiores capitais em eleitorado são: São Paulo (8,5 milhões de eleitores), Rio (4,6 milhões), Salvador e BH (1,8 milhão), Fortaleza (1,6 milhão), Curitiba (1,3 milhão), Recife, Manaus, Porto Alegre e Belém (1 milhão).

O fato de o PT estar com nomes próprios de pré-candidatos em quase todos os grandes centros significa que a presidente Dilma Rousseff terá de se esforçar para manter unida sua base de apoio em Brasília.

Todos os anos nos quais há eleições municipais, é usual que disputas locais transbordem para o Congresso, pois muitos deputados e senadores são candidatos a prefeito ou têm algum cabo eleitoral que vai concorrer.

Haverá grande pressão sobre o PT para que ceda o lugar na disputa de prefeitos em grandes centros. O assunto terá de ser tratado por Dilma, pela cúpula petista e pelo ex-presidente Lula.

13 prefeitos de capitais podem tentar reeleição em 2012
O primeiro turno das eleições municipais de 2012 está marcado para 7 de outubro de 2012 – que é o primeiro domingo de outubro, conforme estabelece a Constituição em seu artigo 29, no inciso 2. Nessa data, 13 dos atuais 26 prefeitos de capital poderão tentar a reeleição, pois ainda cumprem o primeiro mandato. Os demais já foram reeleitos uma vez e estão impedidos de disputar um terceiro período de 4 anos.

O nº de eleitores define regras para as eleições. Só 2 capitais têm menos de 200 mil eleitores: Boa Vista (RR) e Palmas (TO). De acordo com Constituição, ter menos de 200 mil eleitores retira essas capitais do grupo que eventualmente precisam ter 2º turno.

Em cidades com mais de 200 mil habitantes (não importa se capitais ou não), o 2º turno é o modo de desempatar a disputa caso o primeiro colocado no 1º turno não receba, pelo menos, 50% mais um dos votos considerados válidos –os que são dados aos candidatos, não contando os brancos e os nulos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário